Fã de Royce Gracie, Viscardi Andrade festeja luta “no quintal de casa”

  • Por Jovem Pan
  • 03/11/2015 13h55
Viscardi Andrade luta no UFC "Belfort x Henderson"

Lutar no maior evento de MMA do planeta é motivação mais do que suficiente para qualquer atleta. Se o combate for ao lado de sua casa e depois de dois anos afastado dos octógonos por conta de lesão, a motivação é triplicada. É o caso de Viscardi Andrade que encara o russo Gasan Umalatov no próximo dia 7, no UFC Belfort x Henderson, em São Paulo.

Em entrevista exclusiva ao repórter André Ranieri, da Rádio Jovem Pan, Viscardi destacou a felicidade de lutar no Ginásio do Ibirapuera, rasgou elogios ao compatriota Vitor Belfort e revelou sua idolatria por uma lenda do esporte.

“Tenho mais de 30 lutas no Brasil. Mas já faz quase quatro anos que não luto em São Paulo. Fiquei dois anos afastados por conta de lesão, e posso voltar agora lutando no Ibirapuera, no quintal da minha casa, é sensacional, então estou felizão de lutas em São Paulo”, festejou o lutador.

Retornando ao octógono do UFC para encarar o russo Gasan Umalatov que, segundo o brasileiro, será um adversário duríssimo, Viscardi destacou estar lutando contra a ansiedade.

“Um cara duríssimo. Todos os russos chegam forte no UFC. Ele vem pra cá para estragar a festa, mas não vai conseguir não. Vai ser uma bela luta, estou treinando bem pegado, conhecemos a escola russa, são fortes, são frios”, afirmou.

“Estou 100% fisicamente, focado e muito ansioso. Muito tempo parado tem que controlar a ansiedade. Mas estou louco para colocar tudo pra fora”, completou.

Aos 31 anos, o peso-médio brasileiro tem um grande ídolo na carreira. Finalista do TUF 2, Viscardi destacou sua admiração por uma das maiores lendas do esporte.

“Eu tenho diversos ídolos, mas vou citar um das antigas: Royce Gracie. O cara que começou tudo mostrou eu era possível o pequeno equilibrar com o grandão. Todo mundo começou vendo ele”, comentou Viscardi.