Fabiana Alves, atleta do bobsled, mira resultados nos Jogos de Inverno de 2018

  • Por Jovem Pan
  • 22/03/2015 15h20

Fabiana Alves (à direita) é um dos grandes nomes do bobsled brasileiro

Fabiana Alves

Praticante de um esporte pouquíssimo conhecido e divulgado aqui no Brasil, Fabiana Alves concedeu entrevista exclusiva à Rádio Jovem Pan para falar sobre sua modalidade e explicar um pouco os objetivos da Seleção Brasileira para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2018, que serão realizados em Pyeongchang, na Coreia do Sul.

Para a atleta o fato de o esporte estar sendo um pouco mais conhecido em nosso país é algo muito positivo para a modalidade. “Graças a Deus estamos conseguindo divulgar nosso esporte, para que as pessoas possam conhecer cada vez mais o bobsled, para aumentarmos o número de atletas participantes nos esportes de inverno”, disse Fabiana.

O praticante de bobsled explica que, apesar de a estrutura do Brasil, em termos de equipamento, não ser igual se comparada a países mais tradicionais na modalidade, o material humano que está sendo desenvolvido aqui é de muita qualidade.

“Nós não somos melhores que as outras seleções, mas os atletas competem de igual para igual com as melhores equipes. Infelizmente falta material de ponta, o que é um investimento muito caro. Agora estamos fazendo um planejamento junto à Confederação e ao Comitê Olímpico, para que a gente tenha boa estrutura para buscar bons resultados em 2018”, observou. “Agora estamos fazendo mais um trabalho para conseguir resultados e não somente classificação”, prosseguiu.

Fabiana também explicou o porquê de grande parte dos atletas do bobsled serem originário do atletismo.

“Eu era lançadora de martelo. Também fui atleta e participei da Seleção nos Jogos Pan-Americanos pelo levantamento de peso e, realmente, nossa Seleção é composta 100% por atletas vindos do atletismo. É uma combinação de velocidade com força, explosão, e a maioria dos atletas da equipe masculina vem do decatlo, que é uma modalidade que exige muita resistência e diferentes habilidades. O bobsled requer isso. No bobsled você tem que ter uma concentração absurda, tem uma força absurda, e ser muito veloz”, afirmou.

Confira a entrevista completa com Fabiana Alves no áudio acima!