Fábio Santos não teme eliminação no estadual: “grupo está consciente”

  • Por Jovem Pan
  • 14/03/2014 09h34
durante o treino desta tarde no CT Joaquim Grava, Parque Ecologico do Tiete, zona leste de Sao Paulo. O próximo jogo da equipe será domingo, dia 16/03, contra a Penapolense, no Estadio Tenente Carriço, valido pela 14a. rodada do Campeonato Paulista 2014. Sao Paulo / SP - Brasil - 13/03/2014. Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. CorinthiansFábio Santos retorna ao Corinthians diante da Penapolense

Perto de retornar a vestir a camisa do Corinthians, Fábio Santos sabe que chega em um momento decisivo para o clube no Campeonato Paulista. Restando apenas duas rodadas para o fim da fase de grupios, o alvinegro paulista encara o Penapolense fora de casa neste domingo (16) e não depende só das suas forças para ir às quartas-de-final. Ao contrário, precisa de uma “ajudinha” do rival São Paulo, que enfrenta o Ituano no Morumbi. O lateral corintiano relembrou que já atuou por times que poderiam “entregar” resultados, mas que não o fizeram. Ele também admitiu que a pressão será grande por parte da imprensa e da torcida caso o Timão não avance no estadual.

► Confira a tabela do Campeonato Paulista

O Jovem Pan Online transmite todas as emoções minuto a minuto da partida entre Penapolense x Corinthians, válida pelo Campeonato Paulista. Para acompanhar o jogo, entre em www.jovempan.com.br a partir das 16h.

Ex-São Paulo, Fábio Santos lembrou momentos parecidos em sua carreira quando foi perguntado sobre uma possível “entregada” do Tricolor paulista para prejudicar o Corinthians. “Acho que o jogador tem que ser profissional, independentemente de quem possa favorecer. Se nós [quando atuava pelo Grêmio] empatássemos com o Flamengo dentro do Maracanã, o Internacional seria Campeão Brasileiro e vocês sabem como é a rivalidade lá no Rio Grande do Sul. A diretoria tirou a maioria dos jogadores, mas alguns jogaram porque nós pedimos para não deixar toda essa responsabilidade nas costas dos meninos. Também atuei naquela partida do São Paulo diante da Juventus, então acredito que não tem isso no futebol. O profissional tem que vir a frente de qualquer tipo de coisa e tenho certeza que hoje temos jogadores que honram isso”, disse o lateral que assumirá a vaga de Uendel no time titular.

Questionado sobre a superioridade do São Paulo em relação ao Ituano, Fábio Santos não quis projetar o duelo do rival. “Favoritismo, hoje em dia, não conta muito no futebol. Temos tantos problemas por aqui [no Corinthians], que não adianta nada nós torcemos para outra equipe se não fizermos nossa parte. Estamos focados em ganhar os dois últimos jogos e depois pensamos nos outros jogos”, ressaltou.

Caso a equipe de Mano Menezes não consiga a classificação, Fábio Santos sabe que a pressão acontecerá, mas garantiu que o grupo está consciente do trabalho realizado no clube. “A pressão é natural dentro do Corinthians. Haverá por parte da imprensa e do torcedor, mas dentro do clube estamos conscientes do trabalho que está sendo feito por aqui. Sabíamos que as coisas iam demorar um pouco mais para se encaixarem, não ia ser num campeonato estadual que daríamos uma primeira resposta positiva. Não estamos entregando os pontos, mas sem dúvida nenhum que caso não nos classifiquemos, estamos prontos para enfrentar a pressão. Ainda assim, vamos em busca da vaga, sabendo que estamos em uma crescente e que podemos buscar coisas maiores do meio do ano para frente”, finalizou.

Depois de encarar o Penapolense, o Corinthians terá o Atlético Sorocaba na última rodada, em casa, no dia 23 de março.