“Fazia tempo que não usava todas minhas habilidades”, diz Hamilton

  • Por Agencia EFE
  • 06/04/2014 16h06
Hamilton comemora vitória no Bahrein

O inglês Lewis Hamilton da Mercedes, vencedor do Grande Prêmio de Bahrein após uma dura disputa com seu companheiro, o alemão Nico Rosberg, afirmou neste domingo, após conseguir seu segundo triunfo consecutivo no Mundial de Fórmula 1, que há muito tempo não tinha que lançar mão de “todas as habilidades como piloto”.

“Ganhar é sempre estupendo, mas hoje não estava no melhor ritmo. Temos que averiguar a causa. Nico (Rosberg) se saiu melhor que eu e tenho que melhorar”, explicou o britânico após a terceira corrida do campeonato.

O inglês confessou que a disputa de hoje com Rosberg foi “uma das situações mais duras” que viveu em muito tempo. “Os pneus leves dão 65 milésimos por volta, portanto mantê-lo atrás foi muito, muito complicado”.

Rosberg fez as dez últimas voltas com os pneus mais leves, enquanto Hamilton estava com os mais duros.

“Durante as dez últimas voltas dei meu máximo. Nico e eu não tínhamos uma luta assim desde que estávamos no kart”, acrescentou.

“Fazia muito que não se apresentava uma corrida na qual tinha que utilizar todas as habilidades como piloto que fui adquirindo ao longo dos anos. Foi fantástico poder usá-las de novo. É uma das melhores sensações do mundo”, comentou.

Rosberg, por sua vez, declarou que a Mercedes não deu ordens pelo rádio e que ele e Hamilton tinham plena liberdade para lutar pelo primeiro lugar.

“Sei que todos pensam na possibilidade que houvesse ordens de equipe, mas não foi assim. Só nos disseram para que levássemos os carros até a linha de chegada. A mensagem estava clara”, disse o alemão, vencedor da primeira prova do Mundial, na Austrália.

“Acho que tive pelo menos nove chances de ultrapassar, mas ele sempre se protegeu bem. Lewis fez um grande trabalho. É um grande piloto. Na próxima vez eu tenho que ser melhor”, concluiu.