Federer vence Wawrinka e encara Djokovic na decisão do US Open

  • Por Agência EFE
  • 12/09/2015 00h19
Após título

O duelo de suíços desta sexta-feira nas semifinais do US Open terminou com vitória de Roger Federer, que não teve dificuldades para bater Stan Wawrinka, quinto cabeça de chave, por 3 sets a 0, o que coloca o ex-número 1 do mundo frente à frente com o atual, o sérvio Novak Djokovic, na decisão do último Grand Slam da temporada.

Federer precisou de apenas 1h32min para passar por Wawrinka, com parciais de 6-4, 6-3 e 6-1, que só ofereceu alguma resistência durante o primeiro set. O ex-número 1 do mundo conseguiu quebrar o serviço de seu adversário em cinco oportunidades e confirmou seu saque em todas, mantendo sua invencibilidade no torneio, no qual ainda não perdeu nenhum set.

Federer retorna à final do US Open depois de seis anos e encara o primeiro cabeça de chave do torneio, Djokovic, que atropelou o croata Marin Cilic por 3 sets a 0, com parciais de 6-0, 6-1 e 6-2. Federer e Djokovic já se enfrentaram uma vez na decisão do US Open, em 2007, com vitória do suíço.