Felix Loch conquista bicampeonato olímpico no Luge em Sochi

  • Por Agencia EFE
  • 09/02/2014 17h42

None

Redação central, 9 fev (EFE).- O alemão Felix Loch revalidou seu ouro conquistado há quatro anos em Vancouver neste domingo, após vencer a prova de Luge nos Jogos Olímpico de Sochi de 2014.

Uma vitória que todos davam como certa, inclusive os máximos rivais do alemão, como o veterano italiano Armin Zoeggeler, que acabou com a medalha de bronze.

“Atualmente Felix é imbatível. Nós temos que nos conformar e brigar pelas medalhas de prata e de bronze”, reconheceu Zoeggeler antes do início dos Jogos.

Com um histórico impressionante, aos 24 anos Loch acumula já dois ouros olímpicos, quatro títulos mundiais e três Copas do Mundo. O alemão concorre há muito tempo com a história.

Uma lenda na qual Loch, policial de profissão, escreve desde 2008 quando com apenas 18 anos se tornou no campeão do mundo mais jovem de todos os tempos.

O alemão venceu a prova individual com um tempo total de 3min27s526 no Sanki Center.

O tempo marcado pelo alemão é quase meio segundo a menos -476 milésimas- que o do segundo colocado, o veterano russo de 42 anos Albert Demchenko, que oito anos após subir ao segundo degrau do pódio nos Jogos de Turim 2006, conquistou a prata em Sochi.

O pódio foi completo por outra lenda do Luge, o italiano Armin Zoeggeler, que aos 40 anos se transformou no primeiro a conquistar seis medalhas em seis participações consecutivas nos Jogos Olímpicos de Inverno.

Zoeggeler, que conquistou o bronze com um tempo total de 3min28s797, a mais de 1,2 segundos de Felix Loch, encerrou em Sochi a aventura olímpica que iniciou em 1994 em Lillehammer (Noruega), onde o italiano da mesma forma que hoje subiu no terceiro degrau do pódio.

Quatro anos mais tarde, Zoeggeler foi prata em Nagano 1998, enquanto em Salt Lake City 2002 e Turim 2006 alcançou a medalha de ouro, conquistas que mudou pelo bronze quatro anos mais tarde em Vancouver 2010.

Seis medalhas que permitem a Armin Zoeggeler superar o alemão Georg Hackl, que conquistou cinco medalhas consecutivas -três ouros e duas pratas- entre os Jogos de Calgary 1988 e os de Salt Lake City em 2002.

None

– Classificação:.

.1. Felix Loch (ALE) 3min27s526.

.2. Albert Demchenko (RUS) +0.476.

.3. Armin Zoeggeler (ITA) +1.271.

.4. Andi Langenhan (ALE) +1.829.

.5. Sêmen Pavlichenko (RUS) +1.910.

.6. Dominik Fischnaller (ITA) +1.953.

.7. Aleksander Peretyagin (RUS) +1.969.

.8. Reinhard Egger (AUT) +1.980.

.9. Wolfgang Kindl (AUT) +2.137.

10. Martins Rubenis (LET) +2.171. EFE

jv/ff