FIA retira número 17 do grid da Fórmula 1 para homenagear Jules Bianchi

  • Por Agencia EFE
  • 20/07/2015 13h08 - Atualizado em 06/11/2017 11h38
Número 17 usado por Bianchi será aposentado pela FIA

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) anunciou nesta segunda-feira a retirada do número 17 das opções para os pilotos no Campeonato Mundial de Fórmula 1, como homenagem a Jules Bianchi, que morreu três dias atrás.

O francês passou nove meses em coma, após acidente sofrido no Grande Prêmio do Japão, em outubro do ano passado, quando a Marussia que guiava se chocou contra o guindaste que retirava o carro do alemão Adrian Sutil, da Sauber.

A colisão provocou graves lesões neurológicas em Bianchi, que inicialmente ficou internado no Hospital Universitário de Mie, sendo posteriormente encaminhado para Nice, cidade onde vivia.

De acordo com a FIA, a “aposentadoria” do número 17, algo inédito na Fórmula 1, acontecerá como sinal de respeito com a memória do piloto. Em 1994, quando Ayrton Senna morreu, por exemplo, ainda existia numeração fixa, que não era escolhida pelo piloto. O carro 2, assim, passou a ser guiado pelo britânico David Coulthard.