Fifa proíbe Barcelona de contratar jogadores até 2015

  • Por EFE
  • 02/04/2014 10h24

Barcelona foi derrotado pelo Valencia e teve série sem perder quebrada

Barcelona perde para o Valencia

A Comissão Disciplinar da Fifa anunciou nesta quarta-feira que puniu o Barcelona com a proibição de contratar jogadores até a metade de 2015 e com o pagamento de uma multa de 450 mil francos suíços (R$ 1,15 milhão), devido ao clube ter cometido irregularidades na contratação, entre 2009 e 2013, de atletas menores de 18 anos que são de fora da Espanha.

A prática de contratação internacional de menores de idade é proibida pela entidade, que só a autoriza em três casos especiais: se os pais do jogador se mudarem para o país do novo clube por conta própria (sem relação com o futebol), se a transação for realizada dentro da União Europeia e o jogador tiver entre 16 e 18 anos e se a distância máxima entre o lar da família do jogador e a sede do novo clube for de 100 quilômetros.

Com a punição, o Barcelona não poderá contratar nas duas próximas janelas de transferências do futebol europeu – a do início do segundo semestre e a do começo do ano que vem -, podendo inscrever novos jogadores apenas na abertura de mercado de meados de julho de 2015.

A Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) também foi punida pela Fifa por ter aceitado as contratações irregulares do Barcelona e terá que pagar uma multa de 500 mil francos suíços (R$ 1,28 milhão), além de modificar seu atual sistema de transferências de menores no prazo de um ano.

Segundo um comunicado da Fifa, o Barcelona infringiu o artigo 19 do Estatuto de Transferência de Jogadores, referente à contratação de menores, com dez jogadores, “além de outras infrações simultâneas com outros atletas”.