FIFPro quer tirar direitos federativos de jogadores das mãos de empresários

  • Por Agencia EFE
  • 28/03/2014 14h05
Platini mostra apoio a medidas da Comissão Europeia contra arranjo de resultados

A Federação Internacional dos Jogadores Profissionais de Futebol (FIFPro) se somou ao pedido do presidente da Uefa, Michel Platini, para terminar com a propriedade dos direitos federativos dos jogadores por parte de terceiros.

“A Fifa tem o dever, em escala mundial, de garantir que não haja margem para que a propriedade dos direitos do jogador por parte de terceiros seja mantida, da forma que for”, declarou o secretário-geral do sindicato, Theo Van Seggelen.

“Não se ataca apenas os direitos dos jogadores que representamos. Além disso, essa propriedade de direitos está causando um grave prejuízo à integridade do futebol em nível mundial”, acrescentou Van Seggelen.