Fórmula 1 e tênis modificam calendário por conta do coronavírus

  • Por Jovem Pan
  • 09/03/2020 17h53 - Atualizado em 09/03/2020 17h54
ATP Tour/Reprodução/FacebookMasters 1.000 de Indian Wells e WTA Premier de Indian Wells são dois dos torneios mais importantes do país

Não é só o futebol que está tomando medidas para tentar conter o avanço do coronavírus. Enquanto partidas de grandes clubes e seleções são adiadas, canceladas ou acontecem de portões fechados para evitar aglomerações, outros esportes também manifestam sua preocupação na organização dos eventos.

O Grande Prêmio de Fórmula 1 do Bahrein, segundo da temporada, está previsto para acontecer em 22 de março sem a presença do público. O país tem mais de 80 casos confirmados da doença, e a região do Golfo, cerca de 200.

Segundo a FIA, umg rupo de gestão de crise será criado, visto que várias provas automobilística já foram alteradas em decorrência do vírus. O GP da Australia, que abre a competição neste ano, ainda não anunciou qualquer medida especial sobre o tema.

O GP da China, previsto para 19 de Abril em Xangai, foi adiado. O Vietnã, que estreia no circuito, garantiu que a prova, prevista para 5 de abril, deve acontecer como o esperado.

Tênis

O Masters 1.000 de Indian Wells e o WTA Premier de Indian Wells, dois dos principais torneios de tênis do mundo, foram cancelados por conta da epidemia. As competições aconteceriam na Califórnia a partir desta semana. A organizadora ATP informou a decisão em um comunicado emitido neste domingo. “Como resultado desse primeiro caso confirmado no Vale de Coachella, o torneio está cancelado para preservar a segurança dos participantes e do público”.

O Centro de Controle de Doenças do estado da Califórnia explicou que a realização do evento traria um risco aos presentes. “É um risco muito grande neste momento para a saúde pública da região”, afirmou o dr. David Agus, professor de Medicina e Biomedicina da Universidade do Sul da Califórnia. “A realização do torneio não seria de interesse para o público e jogadores e para os vizinhos da área. Temos de nos unir para proteger toda a comunidade”. Os torcedores que compraram ingressos podem pedir o reembolso ou solicitar crédito para o torneio de 2021.

Futebol

Nesta semana, federações de Itália, França e Espanha determinaram que jogos de futebol sejam realizados sem os torcedores. A medida atingiu confrontos muito esperados pela Champions League e Liga Europa, por exemplo. Em todo o mundo, mais de 100 mil pessoas já foram diagnosticadas com Covid-19.

Segundo o diretor da OMS, Tedros Adhanom, a ameaça de uma pandemia se torna cada vez mais real, após a confirmações de incidência do vírus em mais de 100 países.