França passa por cima da Suíça, vence por 5 a 2 e encaminha classificação

  • Por Jovem Pan
  • 20/06/2014 17h55
Matuidi é abraçado por companheiros após marcar o segundo gol da FrançaMatuidi é abraçado por companheiros após marcar o segundo gol da França

A França conquistou sua segunda vitória na Copa do Mundo nesta sexta-feira (20). Atuando na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), os franceses tiveram pela frente a Suíça e não deram chances para o adversário, vencendo pelo placar de 5 a 2. É a maior quantidade de gols marcados pela França em Copas desde 1958, quando a seleção derrotou a Alemanha Ocidental por 6 a 3.

No primeiro tempo, Giroud abriu o placar para a França e, ainda na primeira etapa, Matuidi e Valbuena ampliaram a vantagem para 3 a 0. No segundo tempo, Benzema foi o responsável pelo quarto gol dos Bleus e Sissoko ainda apareceu para fazer o quinto. Ainda houve tempo para Dzemaili fazer o primeiro gol da Suíça, em cobrança de falta de longe, e Xhaka diminuir ainda mais a desvantagem da Suíça. 

Com o resultado, a França chega aos seis pontos, ficando muito perto da classificação. Se o Equador não ganhar de Honduras, em duelo que será disputado nesta sexta, às 19h (de Brasília), na Arena da Baixada, em Curitiba (SP).

Na terceira e última rodada do grupo E, a França mede forças com o Equador, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), enquanto que a Suíça tem pela frente Honduras, na Arena da Amazônia, em Manaus (AM). As duas partidas serão disputadas na próxima quarta-feira (25), às 17h.

O jogo – A França tomou mais a iniciativa ofensiva nos primeiros minutos de jogo. A primeira oportunidade de gol foi criada pelos Bleus aos cinco minutos, quando Matuidi tocou para Benzema e ele livrou-se da marcação, mas finalizou para fora.

Os franceses jogavam melhor e abriram o placar aos 17 minutos. Valbuena cobrou escanteio na cabeça de Olivier Giroud e o atacante do Arsenal testou firme, sem chances de defesa para Diego Benaglio.

Não deu nem tempo de os franceses terminarem de celebrar o primeiro gol e a França anotou o segundo. Após erro de Behrami, que deu a bola nos pés de Benzema, e o camisa 10 rolou para Matuidi, que invadiu a área e finalizou na saída de Benaglio para ampliar a folga.

Com 29 minutos de partida, a Suíça assustou. Mehmedi dominou a bola pelo meio, fez o arremate de longe e o goleiro Lloris espalmou. No rebote, Shaqiri completou, o arqueiro da França voltou a intervir e a bola passou raspando na trave.

Um minuto depois da chance suíça, a França teve um pênalti marcado a seu favor, quando Cabaye tocou para Benzema e o atacante foi derrubado na área por Djourou. Na cobrança, Benzema bateu mal e Benaglio fez a defesa. Os franceses ainda pegaram o rebote, mas Cabaye, com o gol livre, bateu na trave.

Nada de terceiro gol para a seleção francesa. Mas por pouco tempo. Aos 40, Giroud puxou o contra-ataque pela esquerda, chegou na lateral da área e rolou para Valbuena. Ele, com o gol escancarado, só teve o trabalho de estufar as redes para fazer 3 a 0.

O goleiro Benaglio precisou aparecer aos 42 para evitar o quarto gol francês, após finalização de Valbuena.

Aos nove minutos, Giroud recebeu, finalizou de fora da área, mas mandou o arremate direto pela linha de fundo.

A Suíça teve oportunidade aos 12, quando Xhaka arriscou de fora e mandou perto do travessão da meta defendida por Lloris.

A França voltou a assustar aos 14, quando Benzema recebeu dentro da área e finalizou forte, mas a bola desviou na zaga e passou por cima do travessão de Benaglio.

Benzema deixou o seu aos 22. Pogba, que havia entrado no lugar de Giroud, deu belo passe para o camisa 10 e o atacante do Real Madrid se esticou para mandar para o fundo das redes. A bola passou por baixo das pernas de Benaglio. Quarto gol francês.

Evra quase fez o quinto gol, aos 26, mas bateu por cima. Sissoko, entretanto, não desperdiçou no minuto seguinte e fez 5 a 0, com um chute cruzado dado depois de assistência de Benzema.

E a França seguia insaciável. Aos 30, Matuidi e Benzema tiveram oportunidades de fazer o sexto, mas Benaglio salvou duas vezes.

O gol de honra da Suíça saiu aos 35, quando Dzemaili cobrou falta de longe e o arremate passou pelo meio da barreira francesa e entrou no canto direito do gol de Lloris.

A Suíça se animou um pouco depois do primeiro gol e diminuiu ainda mais a desvantagem aos 42, quando Inler deu assistência na medida para Xhaka e ele bateu na saída de Lloris para deixar o placar em 5 a 2.

Os sete gols marcados na partida se mostraram de bom tamanho e, apesar de ter sofrido dois gols na reta final do jogo, a França selou o triunfo sem sustos.