Futebol e Melodia: de dancinhas a clipes, a música pega carona com os boleiros

  • Por Jovem Pan
  • 14/09/2015 11h15
O futebol e a música sempre andaram lado a lado e servem de inspiração um para o outro

A relação entre música e futebol vem de longa data. Quem não se lembra, por exemplo, da canção feita para comemorar a Copa do Mundo de 1958? Muitas músicas já foram feitas para homenagear jogadores, outras serviram de inspiração par as comemorações de gols, principalmente no time do Santos de 2010.

A sintonia entre música e futebol inspirou uma série de reportagens que, a partir desta segunda-feira (14) irá ao ar no Jornal de Esportes da Rádio Jovem Pan. Produzida pelo repórter André Ranieri, a série Futebol e Melodia viajará pela relação entre o esporte bretão e o universo musical que misturam em muitos momentos. Confira:

Um dos grandes exemplos de sucesso no meio musical que ganhou ainda mais destaque por conta do futebol é a música “Ai se eu te pego”, do cantor Michel Teló. A música de 2011 estourou mundialmente depois de alguns jogadores fizeram a coreografia ao comemorar gols, até Cristiano Ronaldo dançou o hit. Em entrevista ao repórter André Ranieri, Teló destacou a relação com os jogadores levou sua música para o mundo todo.

“Começou com a galera aqui do Brasil, o Neymar dançou, depois o Marcelo levou pro Cristiano Ronaldo, e virou essa febre toda. Sem duvida nenhuma, essa divulgação espontânea é incrível, foi importantíssima”. Disse Teló. “Percebi que a música ganhou o mundo quando o Cristiano Ronaldo dançou. A partir daí, Portugal e Espanha começaram a ligar, jogadores em todo o mundo começaram a dançar. Virou essa loucura. De repente, tinham jogadores de tênis dançando, e a música ia virando hit nos seus países” celebrou o cantor. 

Destaque do Santos de 2010, o atacante André relembrou as dancinhas no alvinegro da Vila Belmiro ao lado de Neymar. O atacante afirmou que as coreografias surgiam no vestiário, enquanto ouviam algumas músicas e ainda destacou que com isso ficou amigo de alguns cantores.

“Surgia no vestiário. A gente tinha a mania de sempre escutar música, então surgia enquanto a gente dançava, brincando. Era uma brincadeira do vestiário que entrou para o campo”, disse André. “Conhecemos bastante gente com esse negócio de fazer dancinha, alguns cantores queria que a gente fizesse. E amigo mesmo, virou o Thiaguinho”, completou.

Grande exemplo de música que virou sucesso após dancinha de Neymar é o hit da dupla João Lucas e Marcelo, “Eu quero tchu, eu quero tcha”

“O Neymar foi o instrumento usado para levar a música para vários países. Sem ele a música não seria o hit que foi. Primeiro pelo nome dele e segundo por ter comemorado o centésimo gol da carreira”, afirmou Marcelo, da dupla sertaneja.

João Lucas e Marcelo estouraram a partir da dancinha de Neymar e hoje outro jogador de sucesso é que está próximo da dupla: Ronaldinho gaúcho. Duas vezes melhor do Mundo, o R10 já gravou uma música com os sertanejos em 2014, e um novo clipe da dupla com o dentuço será lançado, destaca Marcelo: “somos amigos de vários jogadores e um dos mais importantes gravou com a gente que é o Ronaldinho. Gravamos ‘vamos beber’ vem aí ‘choveu pra cima’, que gravamos um clipe também!”, comemorou o cantor.