Alemanha sofre, mas vence no fim e mantém 100% nas Eliminatórias

  • Por Estadão Conteúdo
  • 01/09/2017 18h00 - Atualizado em 01/09/2017 18h02
EFE Com gol aos 42 minutos, Hummels garante a vitória da Alemanha sobre a República Checa

Em seu duelo mais complicado nestas Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo, a seleção da Alemanha sofreu nesta sexta-feira (1º), mas derrotou a República Checa por 2 a 1, na Eden Arena, em Praga. Atuais campeões mundiais, os alemães saíram na frente, mas cederam o empate no segundo tempo e só sacramentaram a vitória aos 42 minutos do segundo tempo.

Foi o placar mais apertado da equipe no Grupo C das Eliminatórias até agora. O time comandado por Joachim Löw vinha de três goleadas em sequência, com direito a um 8 a 0 sobre San Marino. Com mais um triunfo, a Alemanha manteve o 100% de aproveitamento na chave.

O time soma agora 21 pontos e está cada vez mais perto da vaga no Mundial da Rússia, em 2018. Nas Eliminatórias Europeias, garantem a classificação direta os primeiros colocados de cada chave. Os segundos vão disputar repescagem entre si em busca da vaga. Faltam apenas três rodadas para o fim desta fase das Eliminatórias na Europa.

Jogando em Praga, com uma formação que mescla experiência e jogadores mais jovens, a Alemanha não teve dificuldade para sair na frente. Logo aos 4 minutos de jogo, Özil deu passe para Timo Werner, que mandou para as redes e abriu o placar.

A vitória parecia encaminhada no segundo tempo. Até que Darida acertou forte chute, de fora da área, e empatou aos 32 minutos. A bola acertou o travessão antes de entrar. Mas, de bola parada, a Alemanha arrancou a vitória. Foi aos 42, quando Kroos cobrou falta na área e Hummels subiu alto para cabecear para as redes.

Segunda colocada do Grupo C, a Irlanda do Norte fez sua parte e se manteve na busca pela Alemanha ao derrotar o San Marino por 3 a 0, fora de casa. Os irlandeses chegaram aos 16 pontos e ainda podem alcançar os alemães, embora as chances sejam remotas. A República Checa ocupa o terceiro posto, com nove pontos.

Em outro confronto da chave, nesta sexta, a Noruega bateu o Azerbaijão por 2 a 0 e agora soma sete pontos, na quarta colocação.