Após pancada e corte no rosto, Éderson deve reforçar o Manchester City

  • Por Estadão Conteúdo
  • 11/09/2017 17h15 - Atualizado em 11/09/2017 17h26
Ederson se contundiu na partida entre Manchester City e Liverpool

O goleiro Éderson foi o grande destaque do treino desta segunda-feira (11) do Manchester City. Depois da forte pancada sofrida na cabeça e o corte no rosto durante a goleada por 5 a 0 sobre o Liverpool, no último sábado (9), pelo Campeonato Inglês, o brasileiro trabalhou ao lado dos companheiros e deve reforçar a equipe na estreia da Liga dos Campeões.

Éderson treinou com uma proteção na cabeça, uma espécie de capacete. Com a presença, cresceu a chance de o goleiro estar em campo com o Manchester City diante do Feyenoord, nesta quarta-feira (13), na Holanda, pela primeira rodada do Grupo F da Liga dos Campeões.

A rápida recuperação surpreendeu até o técnico Pep Guardiola, que chegou a dizer que Éderson “provavelmente” não enfrentaria o Feyenoord após ser atingido pela sola da chuteira de Sadio Mané. O brasileiro deixou o campo ensanguentado e precisou levar diversos pontos no rosto, mas não sofreu fraturas.

Se não puder enfrentar o Feyenoord, Éderson deverá ser substituído pelo chileno Claudio Bravo, que entrou em seu lugar diante do Liverpool. A definição da equipe, porém, só deverá acontecer nesta terça-feira, na véspera do confronto.

Confira as imagens de como ficou o rosto do goleiro brasileiro após o lance com Sadio Sané: