Arrascaeta diz que recebeu ameaças após negociação com Flamengo

  • Por Jovem Pan
  • 04/01/2019 14h48
Vinnicius Silva/CruzeiroArrascaeta já faltou a 2 treinos do Cruzeiro

O meia Arrascaeta, do Cruzeiro, recebeu ameaças pelo celular, por causa da negociação com o Flamengo. O empresário dele conversou com o clube carioca, que pretende contratar o uruguaio. Mas posteriormente o telefone dele vazou na imprensa, o que gerou uma série de insultos.

Arrascaeta usou as redes sociais para revelar o que aconteceu: “Meu celular e o do meu representante, o Sr. Daniel Fonseca, se tornaram públicos, o que motivou a receber mensagens com insultos e ameaças. Neste cenário, estou avaliando com meu representante, meu advogado e consultores o mais conveniente para minha segurança e meus direitos legais e contratuais”.

O uruguaio alega que o número de celular foi divulgado após reunião com Itair Machado, vice-presidente de futebol do Cruzeiro. Segundo o jogador, o dirigente usou “expressões infelizes” e “tomadas como intimidatórias”.

Arrascaeta faltou pelo segundo dia consecutivo aos treinos no Cruzeiro. O atleta será multado novamente e o seu caso está entregue ao departamento jurídico.

O uruguaio tem contrato com o Cruzeiro até o fim de 2021. O Flamengo está disposto a comprar 50% dos direitos econômicos do meia para levá-lo para a Gávea. O Cruzeiro não aceitou a oferta apresentada pelo empresário de Arrascaeta.

A proposta foi revelada por Itair Machado em entrevista coletiva na quinta. Irritado, o vice de futebol do Cruzeiro afirmou que o jogador foi impedido por seu procurador de se apresentar no dia da reapresentação geral do elenco cruzeirense – o atleta tampouco se apresentou nesta sexta.

“Ninguém do Flamengo falou sobre o Arrascaeta com o Cruzeiro. O procurador disse que a proposta de salário é o triplo do que o Arrascaeta ganha no Cruzeiro. Lógico que isso balança a cabeça do jogador. Mas se trata de uma proposta de boca. Como ele (Arrascaeta) não se apresentou, será multado”, disse o dirigente, na quinta.

Em comunicado divulgado após a coletiva, Daniel Fonseca confirmou a negociação com o Flamengo e disse estar insatisfeito com a conduta do dirigente cruzeirense.

Com Estadão Conteúdo