Arthur Gomes faz dois, Santos bate o Linense e estreia com vitória no Paulistão

  • Por Estadão Conteúdo
  • 17/01/2018 21h30 - Atualizado em 17/01/2018 21h45
CÉLIO MESSIAS/ESTADÃO CONTEÚDOArthur Gomes abre o placar para o Santos diante do Linense

Considerado por muitos como a quarta força deste ano entre os grandes clubes paulistas, o Santos estreou com o pé direito no Campeonato Paulista. Sem muitas dificuldades, o time do técnico Jair Ventura derrotou o Linense por 3 a 0, fora de casa, no estádio Gilberto Siqueira Lopes, em Lins, na noite desta quarta-feira (17).

O destaque da partida foi o atacante Arthur Gomes, que veio do banco de reservas para abrir o placar e, no segundo tempo, sacramentar o resultado. Rodrigão, com uma pancada de muito longe, também deixou o dele. Com o triunfo, o Santos sai na frente no Grupo D, que também tem Red Bull Brasil, Botafogo e Mirassol.

Sem contratações de peso – apenas o lateral-esquerdo Romário e o atacante Eduardo Sasha foram confirmados – e enfraquecido pelas saídas de Zeca, Lucas Lima e Ricardo Oliveira, o Santos começou a partida meio lento e perdeu o seu principal jogador logo nos primeiros minutos.

Após levar uma bolada no rosto, Bruno Henrique saiu de campo chorando e dizendo que não estava enxergando. Curiosamente, Arthur Gomes, escolhido por Jair Ventura para substituir o atacante, acabou se tornando o nome da partida. Ele mostrou estrela e oportunismo para abrir o placar aos 20 minutos, 10 depois que entrou. O atacante recebeu passe de Vecchio e bateu rasteiro, deslocando o goleiro Victor Golas.

Armado no 4-3-3, o time santista não foi ameaçado e oferecia pouco perigo ao time de Lins, deixando o jogo sonolento. No entanto, Rodrigão, que voltou de empréstimo após jogar parte do Campeonato Brasileiro pelo Bahia, tratou de animar a partida no final da primeira etapa. Aos 46 minutos, Vecchio roubou a bola e entregou para o centroavante, que surpreendeu o goleiro com uma pancada de muito longe para marcar um golaço. A bola entrou com muita força no meio do gol.

Na etapa final, a equipe da Baixada Santista administrou o resultado com tranquilidade e foi letal para marcar mais um gol nas poucas vezes em que chegou ao gol adversário. Arthur Gomes, novamente, apareceu para marcar. Aos 10 minutos, ele recebeu cruzamento de Copete e cabeceou com força, no canto, para liquidar o resultado.