Ataque funciona e São Paulo goleia o Oeste pelo Paulistão

  • Por Jovem Pan
  • 22/02/2020 18h52
BRUNO ULIVIERI/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDOAlexandre Pato jogador do comemora seu gol durante partida contra o Oeste no estadio Arena Barueri pelo campeonato Paulista 2020

O São Paulo entrou em campo pressionado contra o Oeste porque, apesar de criar muitas situações de gol, tem pecado nas finalizações. Mas o time soube impor seu ritmo diante do lanterna do Campeonato Paulista, fez 4 a 0, e ganhou confiança para a sequência da temporada. Com a vitória, o time assumiu a liderança do Grupo C, com 12 pontos.

Logo aos três minutos, o lateral-direito Daniel Alves, que jogou no meio, colocou o time na frente, pegando de primeira um bom cruzamento de Reinaldo para abrir o placar. A vantagem relâmpago era tudo que o time queria para ter tranquilidade no duelo disputado na Arena Barueri.

Com um ritmo forte desde o início, a equipe do Morumbi teve ainda chances com Antony e Pato, que poderiam ter ampliado o marcador. Só que esse ímpeto para atacar deixava a defesa desprotegida. Tanto que aos 13, Mantuan chutou de longe, Volpi espalmou para o lado e no rebote Bruno Paraíba mandou na trave, assustando o time tricolor.

No São Paulo, Igor Gomes e Antony eram as novidades na escalação Eles entraram no lugar de Hernanes e Pablo, respectivamente, para tentar ajudar o time a ser mais eficiente no ataque. As chances continuavam aparecendo, como quando Daniel Alves pegou de primeira, no canto, e o goleiro Felipe Lacerda espalmou.

Mas o Oeste também levava perigo, principalmente com Mantuan no meio, empurrando o time em velocidade para os contra-ataques. Aos 30, os donos da casa tiveram uma boa chance com De Paula, que chutou com perigo e Volpi espalmou, salvando o São Paulo. A resposta veio pouco depois com Igor Gomes, que obrigou Felipe Lacerda a fazer ótima defesa.

E antes do intervalo, em uma jogada do Oeste, Juanfran cabeceou para trás e a bola assustou Tiago Volpi, passando perto. E na sequência do lance, no ataque tricolor, Igor Gomes foi derrubado por Lídio dentro da área e reclamou de pênalti, mas o árbitro Raphael Claus mandou o lance seguir, ignorado o protesto dos visitantes.

No segundo tempo, os times demoraram a se encontrar. A vontade de buscar o gol da etapa inicial não foi vista nos primeiros minutos, mas aos poucos o São Paulo foi se melhorando, ainda mais depois da entrada de Hernanes. E aos 20, em uma jogada trabalhada no ataque, Igor Gomes chutou, o goleiro espalmou e no rebote Pato marcou, quebrando um jejum de seis meses sem balançar as redes.

O gol praticamente acabou com as pretensões do Oeste na partida e o São Paulo ganhou mais confiança. Tanto que aos 28 minutos Daniel Alves roubou a bola e tabelou com Pato. Ele invadiu a área e tocou na saída do goleiro, marcando o terceiro do time, seu segundo na partida. E no final, Pato sofreu pênalti em jogada individual. Ele mesmo cobrou no canto e garantiu a goleada em Barueri.

O São Paulo voltará a jogar pelo Paulistão em 1º de março, quando receberá a Ponte Preta, no Morumbi. No dia seguinte, o Oeste, o pior time do Grupo A e do torneio, visitará o Mirassol.

FICHA TÉCNICA:

OESTE 0 x 4 SÃO PAULO

OESTE – Felipe Lacerda; Éder Sciola (Betinho), Lídio, Renan Fonseca e Alyson; Wallace Bonilha, Mantuan e Matheus Oliveira (Marlon); Roberto (Tite), Bruno Paraíba e De Paula. Técnico: Renan Freitas

SÃO PAULO – Tiago Volpi; Juanfran (Liziero), Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Igor Gomes (Pablo); Antony, Pato e Vitor Bueno (Hernanes). Técnico: Fernando Diniz.

GOLS – Daniel Alves, aos 3 minutos do primeiro tempo; Pato, aos 20 e 42, e Daniel Alves, aos 28 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Raphael Claus.

CARTÕES AMARELOS – De Paula, Alyson, Juanfran

RENDA – R$ 186.090,00.

PÚBLICO – 5.466 pagantes.

LOCAL – Arena Barueri, em Barueri.

*Com informações do Estadão Conteúdo