Atlético-MG quita dívida de R$ 734 mi com o Caracas por compra de Otero

  • Por Jovem Pan
  • 20/05/2020 17h04
Bruno Cantini /Atlético-MGOtero foi contratado em 2017 pelo Atlético-MG

O presidente do Atlético-MG, Sergio Sette Camara, anunciou nesta quarta-feira, 20, que o clube quitou junto à Fifa a dívida de R$ 734.503,00 com o Caracas, da Venezuela, pela compra do jogador Otero. O não pagamento da quantia poderia acarretar na perda de pontos no Campeonato Brasileiro, como aconteceu com o rival Cruzeiro.

“Mais uma conta paga. Quitamos, junto à FIFA, o valor de R$734.503,00, referente a contratação de Otero, junto ao Caracas, de 2016. Menos uma!”, publicou o cartola no Twitter.

Otero, que chegou por empréstimo em 2016 e foi comprado em definitivo logo depois, em 2017, foi formado nas categorias de base do Caracas. A transação de venda foi entre o Galo e o Huachipato, e a quantia em aberto se referia à porcentagem de venda destinada ao clube formador.

Segundo Lásaro Cândido da Cunha, vice-presidente do clube, o dinheiro usado no pagamento foi fruto da ação movida contra o Portimonense, pela contratação de Bruno Tabata. Em março, o clube português foi condenado a pagar 110 mil euros, cerca de R$ 566 mil, por ter assinado com o atleta enquanto o Galo, clube formador, teria prioridade na renovação.