Autor do ataque ao ônibus do Dortmund é acusado de tentativa de homicídio

  • Por Agência EFE
  • 29/08/2017 10h46
Ataque ao ônibus deixou o zagueiro Marc Bartra ferido

A promotoria de Dortmund acusou de tentativa de homicídio nesta terça-feira (29) o jovem russo-alemão de 28 anos que realizou o atentado contra o ônibus do Borussia Dortmund em abril deste ano.

Segundo um comunicado da promotoria, Sergej W. também é acusado por um crime de lesões graves e outro de execução de um ataque com explosivos pelo atentado com três bombas que deixou feridos um policial e o zagueiro espanhol Marc Bartra.

Os investigadores acusam o suspeito de ter detonado os explosivos com o objetivo de fazer com que as ações do Dortmund – o único clube alemão cotado na bolsa – caíssem no mercado, de modo a lucrar após ter feito um grande investimento nelas. Segundo a promotoria, o detido tinha comprado no dia do atentado 15 mil direitos de venda sobre ações da equipe.

O suspeito foi detido dez dias após o ataque e desde então se encontra em prisão preventiva. No dia 11 de abril ocorreram três explosões na estrada enquanto o ônibus do Dortmund seguia rumo ao estádio para enfrentar o Monaco pelas quartas de final da Liga dos Campeões.