Bahia e Grêmio farão campanha contra racismo e homofobia na 7ª rodada do Brasileirão

  • Por Jovem Pan
  • 31/05/2019 17h06 - Atualizado em 31/05/2019 17h07
Divulgação

Bahia e Grêmio encabeçarão uma campanha contra o racismo, o machismo, o assédio, a xenofobia e a homofobia durante a partida deste sábado (1º), pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro, em Salvador. O projeto é encabeçado pelo Observatório da Discriminação Racial no Futebol.

As duas equipes entrarão com um selo da Entidade em seus uniformes especiais para o confronto do Brasileirão. Segundo o comunicado emitido pelas equipes, os uniformes utilizados pelos times serão leiloados para a entidade continuar o seu trabalho voluntário.

O técnico Roger Machado é o único negro entre os 20 treinadores da Série A do Brasileirão. Já o Grêmio passou recentemente por uma situação de racismo por parte de sua torcida. O cube foi denunciado e condenado a pagar R$ 30 mil por injúria racial contra o atacante Yony González, do Fluminense.