Barcelona anuncia acordo com Arthur por € 39 milhões de euros

  • Por Jovem Pan
  • 11/03/2018 09h53 - Atualizado em 11/03/2018 10h01
Reprodução / TwitterFoto de Arthur com camiseta do Barcelona após reunião com agentes do clube espanhol foi vazada na internet em dezembro de 2017

O Barcelona anunciou neste domingo (11) que fechou com o Grêmio um acordo de opção de compra pelo meia Arthur, de 21 anos.

O clube catalão deve exercer o direito pelo contrato com o volante brasileiro em julho deste ano, mês de Copa do Mundo.

Quando finalmente assinar com Arthur, o preço da transferência ficará em € 39 milhões de euros (€ 30 milhões mais € 9 milhões de “cláusulas variáveis”), cerca de R$ 156 milhões.

O comunicado não deixa claro, no entanto, se Arthur se apresentará ao Barcelona já em julho. A tendência é que o pedido do Grêmio seja atendido e o jogador complete a temporada com a disputa da Libertadores e do Campeonato Brasileiro pelo time gaúcho.

Os € 9 milhões de euros (R$ 36 milhões) que o clube catalão poderá pagar ao Grêmio diz respeito a eventuais conquistas individuais de Arthur, como participação da disputa de Bola de Ouro da Fifa, convocações à Seleção Brasileira, jogos disputados pelo Barcelona, títulos conquistados e renovação de contrato, segundo o UOL Esportes.

O comunicado no site oficial do Barcelona destaca a habilidade de passes do jogador, a conquista da Copa do Brasil e da Libertadores pelo Grêmio e participações pelas equipes de base da Seleção brasileira.

“Uma de suas virtudes é o desarme, o que o torna um jogador potencialmente perigoso próxima da área adversária”, prosseguiu. “Se destaca também por proteger bem a bola e buscar a verticalidade”, diz ainda a nota.

Revelado pelo Goiás, em 2008, Arthur chegou ao Grêmio dois anos mais tarde, a pedido do então técnico do time tricolor Luiz Felipe Scolari. Viveu o auge da carreira no ano passado, quando ergueu a taça da Libertadores e foi eleito o melhor jogador da final, na vitória sobre o Lanús.

Na decisão da competição continental, no entanto, o jogador sofreu com sua primeira grave lesão na carreira, com a ruptura no tornozelo esquerdo. Com isso, ficou de fora do Mundial de Clubes e retornou aos gramados apenas na última quarta-feira. Ele entrou no segundo tempo, na vitória do Grêmio sobre o São Paulo por 1 a 0, pelo Campeonato Gaúcho.