Bolt é homenageado com estátua no Estádio Nacional de Kingston

  • Por Estadão Conteúdo
  • 04/12/2017 13h56 - Atualizado em 04/12/2017 13h56
Reprodução / InstagramUsain Bolt ao lado da estátua inspirada na sua principal comemoração

Usain Bolt foi homenageado na noite deste domingo (3), diante dos seus compatriotas, em Kingston. O jamaicano participou da inauguração de sua estátua de bronze, de 2 metros e meio de altura, no Estádio Nacional, na capital jamaicana.

Esculpida pelo artista Basil Watson, a estátua mostra Bolt fazendo seu tradicional gesto de comemoração esticando os braços em direção ao céu. Foi uma homenagem dos seus conterrâneos por sua carreira nas pistas, encerrada neste ano, após sua participação no Mundial de Atletismo de Londres, em agosto.

Thank you Jamaica. Truly humbled. ????

A post shared by Usain St.Leo Bolt (@usainbolt) on

“Eu jamais poderia imaginar um momento como este, tão grandioso, em que estaria entre estátuas no estádio Nacional onde tudo começou para mim”, disse Bolt, na cerimônia. “É por isso que sempre encorajo as pessoas. Tudo é possível, sem limites, porque eu nunca poderia imaginar que alcançaria tudo isso. Mas sempre me esforcei e me mantive focado”.

O atleta de 31 anos foi homenageado também por Sebastian Coe, presidente da IAAF, em mensagem de vídeo transmitida durante a cerimônia de inauguração da estátua. “Usain Bolt mudou o rosto do esporte. Ele teve uma carreira extraordinária, na qual demonstrou excelência competitiva, caráter extraordinário, boa esportividade e profissionalismo”, afirmou.

Bolt encerrou sua vitoriosa carreira após participar do Mundial de Londres, sem maior brilho. Antes disso, porém, surpreendeu o mundo com recordes mundiais e olímpicos e diversas medalhas. Foram oito títulos olímpicos, em três diferentes edições dos Jogos. Além disso, o jamaicano também conquistou 14 medalhas, sendo 11 de ouro, em Mundiais.