Brasileiros erram, Milan bate Lazio nos pênaltis e vai à final da Copa da Itália

  • Por Estadão Conteúdo
  • 28/02/2018 20h15

O Milan levou a melhor sobre a Lazio na disputa por pênaltis, nesta quarta-feira (28), no Estádio Olímpico de Roma, e garantiu classificação à decisão da Copa da Itália. Os brasileiros Lucas Leiva e Luiz Felipe acabaram desperdiçando suas cobranças e foram vilões na eliminação do time romano nesta semifinal.

Atuando sob intenso frio, os dois times não conseguiram movimentar o placar durante o tempo regulamentar e também na prorrogação do clássico realizado na capital nacional e repetiram o mesmo 0 a 0 do confronto de ida deste mata-mata, no dia 31 de janeiro, em Milão.

Assim, as duas equipes forçaram as penalidades, nas quais o Milan foi um pouco melhor ao vencer por 5 a 4. A equipe milanista, porém, chegou a desperdiçar as suas duas primeiras cobranças, batidas por Ricardo Rodriguez e Ricardo Montolivo. Depois, porém, converteu todos os cinco pênaltis que bateu de um total de 14 disparados pelos dois times.

E a Lazio viu Sergei Milinkovic e Lucas Leiva pararem em defesas de Gianluigi Donnarumma. Na 13ª cobrança desta disputa, Luiz Felipe Ramos pegou muito mal na bola e ela saiu por cima do gol, antes de Romagnoli acertar a penalidade que definiu o triunfo do Milan.

Outro brasileiro que bateu pênalti nesta disputa foi o meia Felipe Anderson, ex-Santos, que conseguiu balançar as redes, mas depois lamentou a eliminação com o erro cometido pelo seu compatriota Luiz Felipe.

Poucas horas antes de o Milan avançar no sufoco à final, a Juventus confirmou seu favoritismo sem maiores problemas ao derrotar a Atalanta por 1 a 0, em Turim. O time alvinegro já havia vencido o confronto de ida na semifinal pelo mesmo placar, em Bérgamo.

O Milan, por sua vez, buscará um título da Copa da Itália que não conquista desde 2003, enquanto a Juventus faturou o troféu das últimas três edições da competição. Na final de 2016, o time alvinegro derrotou justamente a equipe de Milão na decisão, por 1 a 0, sendo que superou a Lazio nas finais de 2015 e 2017.