‘Bruno Henrique é melhor que CR7 tecnicamente’, afirma Renê Simões

  • Por Jovem Pan
  • 06/11/2019 14h49
DINHO ZANOTTO/MYPHOTO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOBruno Henrique marcou o gol da vitória do Flamengo sobre a Chapecoense

Renê Simões deu uma opinião polêmica nesta quarta-feira (6) durante participação no programa “Os Donos da Bola Rio”. Para o treinador, o atacante Bruno Henrique, um dos destaques do Flamengo na temporada, é melhor tecnicamente do que Cristiano Ronaldo, jogador eleito como melhor do mundo pela Fifa em cinco oportunidades.

“Eu vou dizer um negócio que eu sei que vai ter controvérsia à beça. Eu acho o Bruno Henrique estilo do Cristiano Ronaldo com mais habilidades técnicas, mais samba no pé. Eu acho isso. Aguardem! Eu acho ele melhor do que o Cristiano Ronaldo tecnicamente. Ele vai precisar ter uma coisa que a gente chama de… Paixão e iniciativa. Isso é o que dá o foco. Se ele tiver isso, vai ser melhor do que o Cristiano Ronaldo”, começou.

Mesmo reconhecendo os feitos e números do português, Renê Simões afirmou que Bruno Henrique, de 28 anos, pode, sim, chegar no mesmo patamar do atual camisa 7 da Juventus.

“Hoje, os números do Cristiano Ronaldo, não queria falar em números porque não gosto, mas os números do Cristiano Ronaldo são muito melhores do que os do Bruno Henrique”, disse. “Mas não é otimismo, é constatação de você ver o jogador. Tem velocidade o Cristiano Ronaldo? O Bruno também tem. Sabe finalizar o Cristiano Ronaldo? Magnificamente. O Bruno também. Ele é bom de cabeça? O Bruno também. Só que o Bruno tem o drible melhor que ele (Cristiano Ronaldo). Onde está a diferença? É um atleta o Cristiano Ronaldo. Se o Bruno Henrique puser na cabeça que, sendo um atleta, ele vai chegar lá, ele chega”, completou.

O comentário de Renê Simões não agradou a bancada do programa, que discordou veemente. Ainda assim, o treinador avisou que não costuma errar “profecias”. Vale lembrar que ele é autor da frase “Estamos criando um mostro”, quando se referiu a Neymar, na época uma joia do Santos.

“Não costumo errar as minhas profecias não. (…) Se tivesse fazendo na Europa o que está fazendo, hoje, no Flamengo, ele era candidato a melhor jogador do mundo”, finalizou.