Carille faz mudanças e deixa Maycon e Rodriguinho no banco do Corinthians

  • Por Estadão Conteúdo
  • 19/09/2017 21h30
Fábio Carille conversa com jogadores do Corinthians durante treino no estádio Presidente Perón

O Corinthians terá mudanças para enfrentar o Racing, nesta quarta-feira (20), às 21h45min, nem Avellaneda, pela Copa Sul-Americana. O técnico Fábio Carille comandou um treinamento na noite desta terça-feira (19), no estádio Presidente Perón, palco do jogo, e deixou Maycon e Rodriguinho, titulares absolutos, como opção no banco de reservas.

Em seus lugares, entram, respectivamente, Camacho e Marquinhos Gabriel. Camacho foi titular na partida contra o Vasco, no último domingo, mas jogou no lugar de Gabriel, que estava suspenso e retorna ao time normalmente. Maycon e Rodriguinho ficam no banco por causa do desgaste físico que ambos apresentam e para evitar o risco de sofrerem lesões.

“Maycon e Rodriguinho se queixaram de dor na perna, então nos reunimos e decidimos que os dois iniciam no banco. Se precisarmos, eles podem ajudar saindo do banco”, explicou Carille.

Outro desfalque certo é o lateral-esquerdo Guilherme Arana, que voltou a sentir dores na coxa direita e nem viajou para a Argentina. O fato curioso no treinamento desta terça-feira é que, durante a atividade, os refletores do estádio apagaram e os jogadores tiveram que continuar o aquecimento tendo lanternas de celulares como única luz no local.

Após cerca de dez minutos no escuro, a luz voltou e Carille pode comandar uma atividade tática em que dividiu o time em dois grupos de dez jogadores, já que apenas 20 atletas foram para a Argentina. Gabriel participou da atividade entre os reservas, mas deve ser titular nesta quarta-feira.

A provável escalação para o confronto com os argentinos é: Cássio; Fagner, Pablo, Balbuena e Marciel; Gabriel, Camacho, Romero, Jadson e Marquinhos Gabriel; Jô.

No primeiro jogo, realizado quarta-feira passada, o placar foi de 1 a 1. Um empate sem gols dá a classificação para o Racing. Se o resultado se repetir, a decisão vai para os pênaltis. Com igualdade acima de dois gols, o clube brasileiro é quem segue para as quartas de final da Sul-Americana.