Cazares é acusado de agressão por mulheres; PM investiga o caso

  • Por Jovem Pan
  • 09/09/2019 12h51
Divulgação / Atlético-MGCazares é acusado de ter agredido duas mulheres

Duas mulheres procuraram a Polícia Militar na manhã desta segunda-feira (9) para fazer uma denúncia contra Juan Cazares, atleta do Atlético-MG. Elas afirmaram que foram agredidas pelo jogador durante uma festa na casa do equatoriano. As informações foram divulgadas pelo jornal “O Tempo”.

À polícia, as mulheres relataram que foram agredidas pelo jogador e por outros três amigos, entre eles uma mulher, que também estavam na festa.

Segundo as mulheres, Cazares ainda teria oferecido R$ 10 mil para que elas “abafassem” o caso. Já o meio-campista, de acordo com o periódico, teria relatao justamente o contrário. De acordo com o jogador do Galo, ele foi vítima de extorsão.

Cazares, por sua vez, afirmou às autoridades que curtia a confraternização na sua casa até perceber que as duas convidadas estavam trancadas por muito tempo. Desconfiado, ele afirmou para uma amiga prestar atenção na atitude delas.

Assim, a amiga do jogador teria dito que a dupla fazia uso de substâncias ilícitas no local. Cazares alega ter pedido para que elas saíssem, mas elas teriam recusado deixar a casa.

O Boletim de Ocorrência está sendo realizado em Lagoa Santa, na região metropolitana de Minas Gerais. Conforme o Tenente Nasser, que investiga o caso, os quatro autores (Cazares e três amigos) e as duas vítimas (as mulheres que acionaram a PM) serão, em breve, chamados para prestarem depoimentos.