Chapecoense oficializa corte em salários e direito de imagem de jogadores

  • Por Jovem Pan
  • 22/04/2020 16h27
ROBERTO ZACARIAS/MAFALDA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOJogadores e comissão técnica da Chapecoense tiveram salários e direitos de imagem reduzidos

A diretoria da Chapecoense oficializou nesta quarta-feira (22) um acordo para redução salarial de jogadores e comissão técnica em 25% por conta da pandemia do novo coronavírus. O pagamento do direito de imagem sofreu corte maior, de 50%.

“A Associação Chapecoense de Futebol comunica, de forma oficial, o acordo para redução salarial de 25% na CLT para o mês de maio e 50% no direito de imagem referente a março. A medida se aplica para comissão técnica e grupo de jogadores”, diz nota oficial do clube catarinense.

Três jogadores participaram da reunião que selou o corte salarial: o capitão Alan Ruschel, o goleiro João Ricardo e o zagueiro Kadu.

A Chape está em férias desde 1º de abril. A pausa se estenderá, pelo menos, até o dia 30. O time, no entanto, está longe dos gramados desde 15 de março, quando o Campeonato Catarinense foi paralisado.

Após passar a maior parte da primeira fase na zona de rebaixamento do Estadual, o time de Chapecó conseguiu se classificar às quartas de final e, com a oitava e última vaga, enfrentará o líder Avaí. A Federação Catarinense de Futebol ainda não definiu quando a segunda fase do torneio vai acontecer.

*Com Estadão Conteúdo