China proíbe tatuagens nos jogadores da seleção de futebol

No caso das categorias inferiores, os técnicos ficarão “terminantemente proibidos” de convocar jogadores tatuados

  • Por Jovem Pan
  • 30/12/2021 16h06
Pixabay Tatuagem China proibiu tatuagens em jogadores

O Ministério chinês dos Esportes proibiu os jogadores de futebol da seleção nacional de terem tatuagens e pediu que aqueles que já façam a remoção. Nesta terça-feira, 28, a pasta disse que passou a vigorar uma “proibição formal” de fazer novas tatuagens. “No caso de circunstâncias particulares, as tatuagens devem ser cobertas durante treinos e competições”, diz o texto do Ministério. No caso das categorias inferiores da seleção nacional, do sub-20 para baixo, os técnicos ficarão “terminantemente proibidos” de convocar jogadores tatuados. Os desenhos pelo corpo ainda são mal vistos na sociedade majoritariamente conservadora da China, mas começam a se popularizar entre os jovens das grandes cidades. A Federação Chinesa de Futebol já havia ordenado que seus jogadores internacionais encobrissem tatuagens nos últimos anos. Também enviou jovens jogadores de futebol para campos militares para receberem uma educação de orientação marxista.

*Com informações da AFP