Morre Cilinho, ex-técnico de São Paulo, Corinthians e Ponte Preta

Conhecido por treinar os Menudos do Morumbi, Cilinho morreu nesta quinta-feira (28), aos 80 anos

  • Por Jovem Pan
  • 28/11/2019 16h57
ROLANDO DE FREITAS/ESTADÃO CONTEÚDOCilinho (esquerda) e o jogador Sidnei, do São Paulo

Morreu na tarde desta quinta-feira (28) o ex-técnico de futebol Otacílio Pires de Camargo, mais conhecido como Cilinho, aos 80 anos. Ele ficou conhecido por passagens marcantes por São Paulo, Corinthians e Ponte Preta.

Cilinho morreu em sua casa, em Campinas, no interior de São Paulo. Ele enfrentava problemas de saúde desde quando sofreu um AVC, em abril do ano passado.

O ex-treinador chegou ao auge em 1984, quando dirigiu o São Paulo na época dos “Menudos do Morumbi”, time formado por nomes como Silas, Müller, Careca e Pita. Ele venceu o Campeonato Paulista em 1985 e 1987.

Em 1991, Cilinho foi para o Corinthians, onde foi vice-campeão do Paulistão do mesmo ano. Depois, ele passou por Portuguesa, Bragantino, XV de Jaú, São José e América de Rio Preto.

Além do São Paulo, o grande clube com o qual Cilinho teve identificação foi a Ponte Preta. Ele trabalhou no clube em nove oportunidades, entre 1965 e 1995, e é o treinador que mais dirigiu a Macaca: 345 partidas.

O último trabalho de Cilinho foi em 2011, quando comandou o Rio Branco, do interior de São Paulo. Ele pediu demissão em fevereiro de 2012.