Cinco momentos que comprovam a fama de pé-frio de Mick Jagger

  • Por Jovem Pan
  • 26/07/2017 18h00
Mick Jagger, entre o sucesso no mundo da música e a fama de azarado no futebol

Mick Jagger, um dos vocalistas mais populares e influentes do mundo da música, comemora 74 anos de vida nesta quarta-feira (26). A sua voz é marca registrada dos Rolling Stones, uma das maiores bandas de rock de todos os tempos. Mas, ultimamente a sua notoriedade está indo além dos palcos. O britânico ganhou fama de azarão quando o assunto é futebol.

Desde a Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, quando viu a Inglaterra ser eliminada pela Alemanha, sempre que o cantor é visto na arquibancada ou em algum camarote, o time pelo qual demonstra torcida sai de campo derrotado. Para comprovar a sua fama de pé-frio, a Jovem Pan destaca cinco momentos. Confira:

A queda para a Holanda

Depois de ver a seleção inglesa cair para a Alemanha, nas oitavas de final da Copa do Mundo de 2010, nas quartas de final Jagger levou seu filho Lucas, do relacionamento com a apresentadora Luciana Gimenez, para ver Brasil e Holanda. Péssima ideia. Brasil derrotado e fim da busca pelo hexa.

Secada portuguesa

Em 2014, Mick Jagger e sua fama de azarado entraram em ação antes mesmo da bola rolar pela Copa do Mundo. Em um show dos Rolling Stones em Portugal, o cantor disse que a seleção liderada por Cristiano Ronaldo seria campeã. O público presente vibrou. Uma semana depois, CR7 machucou e Portugal ficou na fase de grupos do mundial.

AFP

7 a 1

Para tristeza do torcedor brasileiro, quatro anos após ver o Brasil ser eliminado pela Holanda, Mick Jagger foi ao Mineirão no fatídico dia 8 de julho de 2014 acompanhar o duelo contra a Alemanha. Novamente acompanhando o filho Lucas, o cantor presenciou a maior derrota sofrida pela Seleção Brasileira.

A zebra islandesa

Quem diria que a seleção inglesa, campeã mundial, repleta de estrelas, seria derrotada por um time formado por atletas pouco conhecidos e sem expressão no mundo da bola. Mas, na Eurocopa de 2016, disputada na França, a Inglaterra acabou sendo surpreendida pela Islândia, nas oitavas de final e foi eliminada. Na arquibancada estava o vocalista dos Rolling Stones.

Reprodução Instagram

Jagger corintiano

Em fevereiro de 2016, quando esteve no Brasil realizando uma turnê com a sua banda, Mick Jagger foi questionado sobre qual time torcia no país pentacampeão mundial. A resposta: Corinthians. E coincidentemente, a partir daí o Timão começou a ser eliminado nas competições que disputava: Paulista e Libertadores. Além disso, perdeu o técnico Tite.