Com homenagens, corpo de Rafael Henzel é enterrado em Chapecó

  • Por Jovem Pan
  • 27/03/2019 19h52
TARLA WOLSKI/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOCorpo de Rafael Henzel foi enterrado no cemitério Jardim do Éden, em Chapecó

Após um velório aberto ao público, muitas homenagens e um cortejo no caminhão do Corpo de Bombeiros pelas ruas da cidade de Chapecó, Santa Catarina, que reuniu centenas de pessoas, o corpo de Rafael Henzel foi enterrado no fim da tarde desta quarta-feira (27), no cemitério Jardim do Éden.

O jornalista faleceu na noite de terça ao sofrer um mal súbito enquanto jogava futebol com os amigos. Ele chegou a ser encaminhado ao hospital, mas não resistiu. Henzel foi um dos seis sobreviventes da tragédia aérea da Chapecoense, em dezembro de 2016.

Diversas entidades e associações manifestaram condolências pela morte do jornalista. A Chapecoense destacou seu o trabalho como um “narrador excepcional” dos jogos do time. Clubes como Palmeiras, Corinthians, São Paulo, Grêmio, Vasco, Santos, Sport, Cruzeiro, America-MG, Ponte Preta e Paraná também destacaram a sua carreira e exemplo de vida.

O governador do Estado de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva emitiu nota de pesar lamentando a morte do jornalista e destacando seu exemplo de amor à profissão.

Homenagens na Arena Condá

A Chapecoense preparou diversas homenagens a Rafael Henzel para a noite desta quarta, quando encara o Criciúma, na Arena Condá, pela terceira fase da Copa do Brasil. Os dois times entraram em campo segurando balões brancos, acompanhados de crianças vestidas de branco. Além disso, os atletas estão usando uma fita que representa luto no pulso.

Rafael Henzel tinha 45 anos, era casado e deixou um filho.

Com informações de Agência Estado