Com Luxemburgo, metade dos times do Brasileirão tem técnicos veteranos

  • Por Jovem Pan
  • 09/05/2019 12h01
Rafael Ribeiro/VascoLuxemburgo tem mais de 30 anos de carreira

Ao contratar Vanderlei Luxemburgo, o Vasco resolveu adotar uma tática que tem sido utilizada por muitos times. Metade dos clubes da Série A está com técnicos experientes no comando. Ao todo são 10 clubes que apostam em treinadores com mais de 10 anos de carreira.

Recentemente foi comum ver times apostarem em técnicos jovens, que estão no começo da carreira. Diversos fatores explicaram essa tendência, como a necessidade de renovação do futebol brasileiro e até o sucesso de Fábio Carille no Corinthians, que inspirou muitos clubes a promoverem auxiliares e treinadores das categorias de base.

Mas essa tática deu errado muitas vezes nos últimos 2 anos. E alguns clubes voltaram a apostar em veteranos. Palmeiras, Cruzeiro e Grêmio foram campeões recentemente com técnicos que já possuem uma carreira longa – Felipão, Mano Menezes e Renato Gaúcho estão treinando times principais desde décadas passadas.

Diante desse cenário, em 2019 outros times passaram a apostar em técnicos experientes. O São Paulo trocou André Jardine por Cuca. A Chapecoense dispensou Claudinei Oliveira e contratou Ney Franco. E agora o Vasco dispensou Alberto Valentim para dar espaço a Luxemburgo.

Veja os 10 times que têm técnicos experientes, com mais de 10 anos de carreira, no comando:

Palmeiras (Felipão – 37 anos de carreira)
Vasco (Vanderlei Luxemburgo – 36 anos de carreira)
Avaí (Geninho – 35 anos de carreira)
Flamengo (Abel Braga – 34 anos de carreira)
Santos (Jorge Sampaoli – 25 anos de carreira)
Cruzeiro (Mano Menezes – 22 anos de carreira)
São Paulo (Cuca – 21 anos de carreira)
Grêmio (Renato Gaúcho – 19 anos de carreira)
Chapecoense (Ney Franco – 15 anos de carreira)
CSA (Marcelo Cabo – 15 anos de carreira)

Veja 9 times que têm técnicos menos experientes no comando:

Fluminense (Fernando Diniz – 10 anos de carreira)
Athletico (Tiago Nunes – 9 anos de carreira)
Ceará (Enderson Moreira – 8 anos de carreira)
Goiás (Claudinei Oliveira – 6 anos de carreira)
Bahia (Roger Machado – 5 anos de carreira)
Corinthians (Fábio Carille – 2 anos de carreira)
Fortaleza (Rogério Ceni – 2 anos de carreira)
Inter (Odair Hellmann – 1 ano de carreira)
Botafogo (Eduardo Barroca – 3 semanas de carreira)

Um time, o Atlético-MG, está com técnico interino no momento, Rodrigo Santana.