Roberto Carlos pode entrar em lista de jogadores detidos por dívida de pensão

  • Por Jovem Pan
  • 23/08/2017 14h00
Roberto Carlos pode cumprir até três meses de prisão caso não tenha dívida paga integralmente

A Justiça do Rio de Janeiro determinou nesta quarta-feira (23) a pena de três meses de prisão do ex-lateral Roberto Carlos por atraso no pagamento de pensão alimentícia de dois filhos, um menino e uma menina, frutos da relação com Barbara Thurler. O valor total é de R$ 61 mil.

O ex-jogador alega ter dificuldades financeiras para realizar o pagamento da dívida à vista, como tem exigido a Justiça, que prevê a prisão em regime fechado até que o valor seja pago integralmente. Roberto Carlos chegou a negociar o parcelamento do valor, porém o pedido foi negado pela família.

Com esta situação, o lateral é mais um jogador na lista dos que enfrentam problemas na Justiça por conta de dívidas em pagamento de pensão. No caso mais recente, na semana passada, Edílson “Capetinha” cumpriu quatro dias de detenção e foi solto após o pagamento de R$ 80 mil. Foi a terceira vez que o ex-jogador foi preso por este motivo.

Relembre abaixo outros jogadores que também foram detidos por dívidas com pensão:

Romário

Senador pelo estado do Rio de Janeiro, Romário foi preso em 2009 por dívida de R$ 89 mil para os filhos Monica Faria e Romarinho, hoje jogador de futebol, e ficou 22 horas na cadeia. Em 2004 o ex-atacante foi novamente preso.

Facebook/Reprodução

Zé Elias

Ex-jogador do Corinthians e comentarista esportivo, Zé Elias foi detido pela polícia em 2011 por não pagar a pensão de dois filhos, numa dívida que chegava a R$ 25 mil para cada criança. Ele ficou encarcerado numa delegacia em São Paulo por 30 dias até a Justiça conceder a sua libertação.

Jovem Pan

Thiago Carleto

Hoje lateral do Coritiba, Thiago Carleto ficou bem perto de ser preso no começo do ano, quando ainda defendia o Linense. Ele devia um valor superior a R$ 71 mil, equivalente a seis meses de pensão atrasada para dois filhos, e quase ficou de fora da partida contra o Corinthians pelo Campeonato Paulista. Ele só foi relacionado e livre do risco de detenção após o pagamento da dívida.

Ale Cabral / Agif / Estadão Conteúdo

Danilinho

Outro que enfrentou problemas recentes com a Justiça foi o atacante Danilinho, contratado no mês passado pelo Vitória. Quando ainda estava no Fluminense, no fim do ano passado, ele foi detido dentro do CT das Laranjeiras, no mesmo momento em Abel Braga era apresentado à imprensa. Esse não foi o único problema do atleta com a Justiça. Durante sua passagem pelo futebol mexicano, ele foi acusado de estupro e ameaça de morte por uma jovem quando a mesma ainda era menor de idade.

Enner Valencia

A situação mais cômica envolvendo pensões alimentícias aconteceu no ano passado com o jogador eqauatoriano Enner Valencia, hoje atacante do Tigres, do México. Durante a partida da seleção do Equador contra o Chile pelas Eliminatórias para a Copa de 2018, Valencia alegou dores, foi atendido e levado de carro-maca até uma ambulância.

Os policiais, que esperavam o jogador na beira do gramado para cumprir a voz de prisão, chegaram a correr atrás do veículo, numa tentativa digna de filme de comédia de impedir a saída de Valencia do estádio. Ele chegou a ser escoltado pela Polícia local até o hospital, porém, a ordem de prisão foi anulada.