Conmebol aprova reinício da Libertadores na metade de setembro

Em reunião, Conselho da entidade definiu o dia 15 de setembro como data para o retorno da principal competição entre clubes no continente; Sul-Americana volta apenas no fim de outubro

  • Por Jovem Pan
  • 10/07/2020 13h09 - Atualizado em 10/07/2020 13h11
ALEX SILVA/ESTADÃO CONTEÚDOO São Paulo está na fase de grupos da Libertadores da América

O Conselho da Conmebol se reuniu, nesta sexta-feira (15), para discutir a retomada do futebol no continente. A cúpula definiu que o recomeço da Copa Libertadores da América acontecerá no dia 15 de setembro, enquanto o encerramento do torneio será agendado para janeiro de 2021. As informações foram publicadas pelo jornal “O Globo”.

A Libertadores foi interrompida em março devido à pandemia de Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. Na ocasião, somente duas rodadas da fase de grupos da competição foram disputadas.

O Estádio do Maracanã, inicialmente o palco da final da Libertadores, ainda está mantido como local da decisão. Na reunião desta sexta-feira, o Conselho da Conmebol preferiu não discutir o tema.

De acordo com a matéria, a Copa Sul-Americana, outro torneio organizado pela entidade, voltará a ser disputado no dia 27 de outubro. O encerramento também está marcado para janeiro do ano que vem.

Já as Eliminatórias da Copa do Mundo do Catar também foram alteradas para outubro. Assim, a Conmebol utilizará as datas de janeiro de 2022 para compensar os jogos que seriam, inicialmente, em 3 de setembro.