Conmebol discute protocolos sanitários para retomada do futebol

  • Por Jovem Pan
  • 04/06/2020 19h01 - Atualizado em 04/06/2020 19h02
ReproduçãoAlejandro Dominguez, presidente da Conmebol

Dez médicos de federações associadas se reuniram com dirigentes da Conmebol por videoconferência para discutir quais serão os protocolos sanitários e esportivos que serão adotados para viabilizar a volta do futebol no continente nos próximos meses.

“Preservando a saúde com as recomendações indicadas, o futebol voltará à América do Sul, e os torneios da Conmebol serão disputados, já que as partidas são resolvidas no campo de jogo”, declarou o presidente da confederação, o paraguaio Alejandro Domínguez, durante o encontro virtual, segundo comunicado emitido pela entidade. “É importante dar uma resposta coordenada, homogênea e responsável para que o retorno do futebol possa ser realizado com as máximas garantias para todos”, completou.

O encontro foi comandado pelo presidente da Comissão Médica da Conmebol, Osvaldo Pangrazioe tratou das diferentes situações das federações e confederações associadas, na esperança de que as competições sejam retomadas de acordo com a situação de cada país. Entre elas, estão algumas referentes à prevenção de lesões devido aos meses de inatividade dos atletas.

Em abril, a Conmebol anunciou uma série de proibições em partidas da Libertadores e Copa Sul-Americana, como cuspir em campo ou beijar a bola, como parte das medidas para evitar o contágio. Além disso, jogadores e membros das comissões técnicas terão que medir a temperatura antes dos jogos.

* Com EFE