Contratação de Mbappé pelo PSG depende de apenas um detalhe, diz jornal francês

  • Por EFE
  • 24/08/2017 10h23
Reprodução / Instagram Mbappé se tornou a segunda contratação mais cara da história do futebol

A novela envolvendo a contratação do francês Mbappé do Monaco pelo Paris Saint-Germain experimentou “avanços significativos” nos últimos dias, segundo o jornal esportivo L’Équipe, de modo que o único detalhe que falta é determinar qual jogador deverá ser transferido para o clube do Principado para que o time parisiense consiga cumprir com as regras de fair play financeiro da Uefa.

Segundo os termos do contrato que está sendo negociado pelos dois clubes, o PSG pagará cerca de 140 milhões de euros e o jogador francês receberá 18 milhões de euros brutos anuais para um compromisso de cinco temporadas, o que transformaria esta operação na segunda mais cara do futebol, depois da de Neymar (222 milhões), contratado pelo time parisiense há apenas três semanas.

O jornal esportivo francês, que especificou que a conclusão do acordo “não é iminente” devido ao calendário das equipes, indicou que as partes estão ventilando se a formalização seria através do pagamento da contratação ainda nesta janela de transferências ou através de um empréstimo com opção de compra automática dentro de um ano.

No entanto, para que o PSG possa cumprir com as regras do fair play financeiro, a transferência de Mbappé tem que estar associada à compra pelo Monaco de algum dos atuais jogadores do time parisiense, e este é o único detalhe que falta ser resolvido.

Inicialmente, o Monaco queria Kimpembe, mas o PSG não quer se desfazer deste defensor, segundo o L’Équipe, que acrescentou que as opções restantes são o brasileiro Lucas Moura, o alemão Julian Draxler e o argentino Javier Pastore.