Andrés diz que Flamengo tentou tirar Carille e Rodriguinho do Corinthians

  • Por Estadão Conteúdo
  • 17/04/2018 18h45
Reprodução FacebookAndrés Sanchez garantiu que Carille e Rodriguinho não saem do Corinthians

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, fez duras críticas a Eduardo Bandeira de Mello, mandatário do Flamengo, nesta terça-feira (17). Segundo o corintiano, o rival tentou tirar o técnico Fábio Carille e o meia Rodriguinho do clube. O treinador e o dirigente rubro-negro negam qualquer conversa.

“Eu venho aqui, me posiciono. Cadê ele (Bandeira)? Deve estar sondando o Carille, o Rodriguinho. Ele ofereceu R$ 1 milhão para o Carille. Não vai levar. Tentou tirar o Rodriguinho, não vai tirar. Dou 50% de desconto e não vai tirar. Ele vai sair e a conta vai ficar para o Flamengo”, ironizou o dirigente corintiano, se referindo também ao fato de Bandeira não ter comparecido à votação que elegeu Rogério Caboclo como novo presidente da CBF, também nesta terça.

Carille, na Argentina, onde o Corinthians se prepara para encarar o Independiente, pela Libertadores da América, negou que tivesse existido qualquer conversa com alguém do Flamengo e ainda brincou sobre o valor citado por Andrés. “R$ 1 milhão por mês? Pego minha mala, a (rodovia) Dutra e tchau! (risos). Não chegou nada para mim. Pode ter sido para o meu agente, mas pra mim não. Estou bem aqui”, disse o comandante corintiano.

No Rio de Janeiro, Bandeira também negou ter feito proposta aos corintianos. “É um absoluto disparate. Nunca foi feito nenhum tipo de proposta nem pelo Carille e nem pelo Rodriguinho, ainda mais nesses valores. Tem alguém enganando alguém”, afirmou.