Andrés ironiza São Paulo e chama clube de “soberbos”

  • Por Jovem Pan
  • 29/03/2018 00h57 - Atualizado em 29/03/2018 01h32
Johnny Drum/Jovem PanAndrés Sanchez não engoliu a venda antecipada de ingressos do São Paulo para a final do Campeonato Paulista

Logo após a classificação do Corinthians à final do Campeonato Paulista, o presidente Andrés Sanchez, concedeu entrevista ao repórter André Ranieri, na zona mista de Itaquera. Questionado sobre as comemorações efusivas no estádio, quando inclusive o telão destacou a mensagem #respeitaoprofessor, em alusão ao episódio envolvendo Carille e Aguirre, Sanchez disparou contra o São Paulo e classificou o adversário de “os soberbos”.

“Se não faltar o respeito e ficar só no disse que me disse do marketing é legal. O que não pode é jogador, treinador, dirigente levar para o outro lado. Mas os soberbos são assim, eles já estão vendendo ingresso para a final do ano que vem, que espero que também não estejam”, disse o dirigente.

Já sobre a manifestação do diretor Jorge Kalil, Andrés questionou o porquê de o dirigente não poder vibrar. “Ele ofendeu alguém? Ele agrediu alguém? Antes de ser dirigente ele é um torcedor, eu também comemorei. Não pode vibrar tem que ficar igual a um santo?  Vocês estão de brincadeira”, criticou Andrés.

O mandatário lembrou que, embora a equipe tenha se classificado para mais uma decisão, ainda há necessidade de qualificar o elenco. “Sempre temos que reforçar. Sempre temos que contratar jogador. Todo mundo sabe que precisamos de um centroavante. Centroavante não, na verdade um nove bom. Se trouxer um meia boca… Não é isso que todo mundo fala?”, ironizou o presidente.