Andrés nega desmanche no Corinthians e diz que só negocia a venda de Maycon

  • Por Estadão Conteúdo
  • 07/06/2018 18h30
PETER LEONE/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOAndrés Sanchez acompanha treino do Corinthians no CT Joaquim Grava

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, garantiu que não pretende vender nenhum jogador na abertura da janela de transferências e afirmou ter negociação apenas por Maycon, com o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. Embora tenha aumentado o valor da dívida do clube, o dirigente garante que a situação financeira não o obriga a negociação os atletas.

“As pessoas cobram que o financeiro está sem dinheiro. O Corinthians não está sem dinheiro e o Corinthians não quer vender ninguém. Mas infelizmente, todo mundo sabe: antes de fechar com o clube, eles fecham com o jogador, que faz um tormento para ser vendido. Não é questão de segurar ou não, é a realidade do futebol brasileiro”, disse o mandatário, que esteve presente no treino desta quinta-feira (7), no CT Joaquim Grava.

Andrés admitiu apenas a negociação do volante Maycon com o Shakhtar Donetsk. O jogador deve ser anunciado em breve pelo clube ucraniano, mas outros também podem sair nas próximas semanas. Balbuena, Pedro Henrique, Romero e Rodriguinho têm seus nomes comentados em times do exterior. Eles garantem que ainda não receberam propostas oficiais, entretanto, preferem não cravar a permanência após a Copa do Mundo.

O Corinthians divulgou na semana passada o balanço financeiro dos três primeiros meses do ano e mostrou que sua dívida aumentou 6%, passando de R$ 448,4 milhões para R$ 475,9 milhões.

O elenco alvinegro voltou aos treinos nesta quinta, após o empate por 1 a 1 com o Santos, na quarta. Os titulares ficaram na academia fazendo trabalho regenerativo, enquanto os reservas foram para o gramado. O técnico Osmar Loss deve definir o time para encarar o Vitória no treino deste sábado, também no CT Joaquim Grava.