Após 3 eliminações, Corinthians tem chance de romper barreira das quartas de final da Copa do Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 15/08/2018 08h57
Rodrigo Gazzanel/Ag. CorinthiansCorinthians venceu o jogo de ida contra a Chapecoense

Desde que a Copa do Brasil voltou a ser disputada por todos principais times brasileiros, em 2013, o Corinthians ainda não conseguiu passar das quartas de final da competição. Três eliminações aconteceram justamente nesta fase. O jogo contra a Chapecoense, nesta quarta-feira (15), será uma boa chance para o Timão acabar com essa barreira.

Em 2009 aconteceu a última grande campanha do Corinthians na Copa do Brasil, pois o time foi campeão após vencer o Internacional na final. Nas 3 temporadas seguintes, o Timão não participou do torneio porque as equipes que disputavam a Copa Libertadores ficavam fora do mata-mata nacional.

Em 2013 aconteceu uma reformulação do calendário, então todos principais times brasileiros voltaram a disputar o torneio. E neste formato o Timão tem fracassado. Naquele ano inicial, o Corinthians caiu nas quartas de final, após decisão nos pênaltis contra o Grêmio.

Em 2014 aconteceu uma eliminação dolorosa, mais uma vez nas quartas de final. O Corinthians venceu o Atlético-MG por 2 a 0 no primeiro jogo, mas levou uma virada emocionante, por 4 a 1, na partida de volta.

Em 2015 aconteceu mais uma eliminação dolorosa. E nem foi nas quartas de final. Uma fase antes, nas oitavas, o Corinthians sofreu duas derrotas em clássicos contra o rival Santos.

A eliminação nas quartas de final voltou a acontecer em 2016, quando o Corinthians foi eliminado pelo Cruzeiro. Mais uma vez o Timão tinha vencido o primeiro jogo, mas perdeu por um saldo maior no jogo de volta.

No ano passado, o Corinthians nem chegou nas oitavas de final. No sorteio da 4ª fase o Timão caiu contra o Internacional e acabou eliminado nos pênaltis mais uma vez.

Agora o Corinthians tem uma vantagem importante, por ter vencido o jogo de ida por 1 a 0, e enfrentará uma equipe que está mal no Campeonato Brasileiro, a Chapecoense. O otimismo é grande, mas o passado ensina que é complicado passar das quartas de final da Copa do Brasil no formato atual.