Após seis anos, Diego Souza vive mais um “pesadelo” com Cássio

  • Por Jovem Pan
  • 29/03/2018 01h48
GERO RODRIGUES/ESTADÃO CONTEÚDOCássio defendeu a cobrança de Diego Souza, do São Paulo, e garantiu o Corinthians na final

Em 2012, Cássio apareceu para o mundo graças a Diego Souza. O meia, então no Vasco, ficou marcado por protagonizar o lance que praticamente consagrou o goleiro. Corinthians e Vasco faziam um jogo equilibrado, no Pacaembu, pelas quartas de final da Libertadores daquele ano. Já no segundo tempo, Diego Souza ganhou uma dividida com Alessandro e arrancou sozinho frente a frente com Cássio. O gol praticamente eliminaria a equipe paulista daquela que era a competição mais “almejada”pelo clube.

Mas o corintiano conseguiu se esticar, e com a ponta dos dedos, espalmou a bola para fora. Nesta quarta-feira (29), o goleiro, que era criticado por não ser exímio pegador de pênaltis, novamente se consagrou graças a Diego Souza. Os dois voltaram a se enfrentar em um confronto eliminatório e logo na primeira cobrança, Cássio voou para espalmar a cobrança do são paulino. Vale ressaltar que Rodriguinho, autor do gol heroico, também errou.

A disputa seguiu para as alternadas até que Danilo converteu e Cássio se agigantou para aparar o chute de Liziero. Novamente, o destino sorriu para Cássio, enquanto Diego Souza ainda convive com a pesada sombra do goleiro.