Carille cria disputa entre meias do Corinthians, mas Sornoza supera Jadson nos números

  • Por Jovem Pan
  • 29/05/2019 11h48 - Atualizado em 29/05/2019 11h51
Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians Sornoza dá mais assistências e cria mais chances de gol em 2019

No começo do ano, Junior Sornoza era titular absoluto como meia central do Corinthians. Mas recentemente o técnico Fábio Carille “alimentou” uma disputa entre ele e Jadson. Atualmente nas escalações sempre existe uma dúvida sobre quem irá para campo. Mas se o treinador olhar apenas para os números de 2019, não há dúvida. Sornoza vence a disputa com sobras.

A principal função de um meia central é dar passes para gol. E Sornoza exerceu bem melhor essa qualidade até agora. Foram 9 assistências contra apenas duas de Jadson. O equatoriano tem mostrado ótimo desempenho em cobranças de bola parada, por isso tem números tão superiores.

Vale lembrar que Sornoza até tem mais jogos do que Jadson em campo. Foram 26 a 19 até agora. Mas mesmo calculando médias, de acordo com dados da Footstats, é possível perceber a vantagem do equatoriano em outros fundamentos importantes. Sornoza acerta 32 passes por jogo, enquanto Jadson dá 24. Em relação à média de passes para finalização, ou seja, chances criadas, a diferença é menor, mas existe. Sornoza cria 1,8 finalização por partida. Já Jadson acerta 1,3.

A única estatística que Jadson lidera é de gols feitos, pois ele já marcou uma vez neste ano. Sornoza ainda não balançou a rede pelo Corinthians. Na prática, porém, a maior vantagem do veterano é o histórico dele no Timão, afinal participou dos títulos recentes no Brasileirão e no Campeonato Paulista. Carille tenta resgatar o Jadson daqueles anos, enquanto Sornoza ainda é irregular nas partidas. A disputa continuará existindo, pois o técnico do Corinthians não olha apenas para números.