Cássio x Ceni: jogo no Castelão terá reencontro dos únicos goleiros eleitos Bola de Ouro do Mundial

  • Por Jovem Pan
  • 28/07/2019 10h00
Arte Jovem PanCássio em 2012 ou Rogério Ceni em 2005: quem foi melhor no Mundial de Clubes?

Mais do que importante para as pretensões das duas equipes no Campeonato Brasileiro, o jogo entre Fortaleza e Corinthians, neste domingo, no Castelão, proporcionará um duelo com tons históricos. Rogério Ceni, atual treinador tricolor, e Cássio, goleiro alvinegro, vão se reencontrar após dois anos. Além da idolatria em gigantes do futebol brasileiro, ambos carregam em comum um feito restrito, conquistado por menos de 15 seres-humanos no planeta: já foram eleitos o melhor jogador do Mundial de Clubes da Fifa.

E o detalhe: na história, Ceni e Cássio são os únicos goleiros já agraciados com a Bola de Ouro do torneio. Edílson (2000), Deco (2006), Kaká (2007), Wayne Rooney (2008), Lionel Messi (2009 e 2011), Samuel Eto’o (2010), Franck Ribéry (2013), Sergio Ramos (2014), Luis Suárez (2015), Cristiano Ronaldo (2016), Luka Modric (2017) e Gareth Bale (2018) também foram condecorados, mas atuam (ou atuaram) na linha.

O atual treinador do Fortaleza levou o prêmio em 2005. Como goleiro do São Paulo, balançou as redes de pênalti na semifinal contra o Al-Ittihad e fechou o gol na decisão diante do Liverpool. A histórica defesa após cobrança de falta de Steven Gerrard é a imagem da qual todos se lembram até hoje, mas a atuação do capitão tricolor naquela noite foi simplesmente perfeita. Então com 32 anos, Rogério fez pelo menos três intervenções dificílimas durante a partida.

Já Cássio repetiu o feito de Ceni em 2012. Na semifinal, contra o Al-Ahly, o goleiro do Corinthians teve atuação apenas segura. Quatro dias depois, porém, foi fantástico na decisão diante do Chelsea. Endiabrado, parou Gary Cahill, Victor Moses, Fernando Torres, Frank Lampard e Eden Hazard e protagonizou uma das melhores atuações de um arqueiro brasileiro em torneios da Fifa. O 1 a 0, certamente, não teria ocorrido se não fossem as mãos, e pernas, do então jogador de 25 anos.

Como atletas, Ceni e Cássio já se enfrentaram 13 vezes. E o goleiro corintiano leva a melhor: cinco vitórias contra três – além de cinco empates. Com Rogério como treinador, a vantagem também é do ídolo alvinegro, com dois triunfos e duas igualdades em quatro jogos. O último deles aconteceu em junho de 2017.

Antes do reencontro entre Rogério Ceni e Cássio, veja o vídeo abaixo e decida: qual dos dois foi melhor no Mundial de Clubes?