Com Everaldo, Corinthians desembolsa cerca de R$ 36 milhões em reforços para 2019

  • Por Jovem Pan
  • 22/05/2019 17h07
Daniel Augusto/Ag. CorinthiansBruno Méndez deve ser titular

O Corinthians oficializou a contratação de Everaldo, na tarde desta quarta-feira (22). O atacante é o 14º reforço do Timão para a temporada de 2019. Com  a chegada do ex-jogador do Fluminense, o Alvinegro já desembolsou cerca de R$ 36 milhões com direitos econômicos de reforços no ano.

O Corinthians pagou cerca de R$ 2,5 milhões ao Velo Clube-SP por 50% dos direitos econômicos de Everaldo. Além do ex-jogador do Flu, o Timão acertou com outros quatro atacantes para a atual temporada. Boselli, Vagner Love, Gustavo Mosquito e André Luis. Os dois últimos, inclusive, já foram emprestados, para  Vila Nova e Fortaleza, respectivamente.

A negociação mais cara para a atual temporada foi o zagueiro Bruno Méndez, que custou cerca de R$ 13 milhões. O uruguaio ainda não estreou com a camisa do Timão e está servindo a seleção sub-20 de seu país. Dos 14 reforços, o Alvinegro precisou desembolsar dinheiro na contratação de apenas cinco. Todos os outros já estavam livres no mercado ou foram emprestados.

Veja quanto o Corinthians pagou por cada reforço

Defensores

Michel Macedo: livre no mercado após fim de contrato com Las Palmas

Bruno Méndez: 3,5 milhões de dólares (R$ 13 milhões) vindo do Montevideo Wanderers

Manoel: empréstimo junto ao Athletico

Meias

Ramiro: sem custos vindo do Grêmio

Richard: cerca de R$ 8 milhões vindo do Fluminense

Sornoza: 2,5 milhões de dólares (cerca de R$ 11,1 milhões) vindo do Fluminense

Régis: empréstimo pelo Bahia com valor de compra fixado

Matheus Jesus: empréstimo pelo Estoril com valor de compra fixado

Junior Urso: nada por direitos econômicos após rescindir contrato com o Guangzhou R&F (CHI)

Atacantes

Boselli: nada por direitos econômicos após rescindir contrato com o León (MEX)

Everaldo: R$ 2,5 milhões por 50% dos direitos econômicos ao Velo Clube-SP

Vagner Love: nada por direitos econômicos após rescindir contrato com o Besiktas (TUR)

Gustavo Mosquito: nada por direitos econômicos após rescindir contrato com o Coritiba

André Luis: cerca de R$ 2 milhões vindo da Ponte Preta