Corinthians e Fortaleza fazem jogo morno e ficam no 1 a 1

Romarinho e Luan marcam os gols da partida que fechou a 5ª rodada do Brasileirão

  • Por Jovem Pan
  • 26/08/2020 23h42 - Atualizado em 26/08/2020 23h46
Rodrigo Coca/Agência CorinthiansElenco inteiro do Corinthians comemora gol com Luan

Corinthians e Fortaleza protagonizaram um duelo tecnicamente fraco na Arena Corinthians, nesta quarta-feira, pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro. No primeiro tempo, as emoções ficaram apenas nos primeiros minutos com boas chances criadas pelo Alvinegro. A força e a intensidade não duraram por muito tempo, tornando o jogo monótono da metade em diante.

Na volta do intervalo, a posse de bola foi do Fortaleza, que passou a controlar melhor o meio de campo e foi o primeiro time a marcar. Apesar de não pressionar e mostrar dificuldades na transição para o ataque, o Corinthians acertou uma bola na trave com Luan antes de igualar o placar, e com problemas no meio de campo, correu riscos de levar mais um gol nos minutos finais.

O JOGO

Os primeiros minutos da partida foram melhores para o alvinegro, que teve volume de jogo e poderia ter aberto o placar. A primeira chegada do clube foi aos 2 minutos, com Léo Natel, e o zagueiro Paulão precisou tirar o perigo. No lance seguinte, Araos chutou por cima do gol e assustou o goleiro Felipe Alves.

Léo Natel apareceu novamente para levar perigo aos 7. Ele bateu de direita no canto esquerdo do goleiro, que fez uma defesa bonita para mandar a bola para escanteio. Passados os primeiros minutos, o time diminuiu a intensidade, e passou a errar mais passes. Mesmo mais presente no campo ofensivo e permanecendo por mais tempo com a posse de bola, o Timão não pressionou o Fortaleza, e deixava a partida mais lenta, de certa forma, confortável também para o adversário. A equipe treinada por Rogério Ceni armou algumas jogadas em contra-ataque, mas não levou perigo ao gol de Cássio.

O Fortaleza voltou melhor dos vestiários. Na segunda etapa, o time de Ceni ganhou o campo do Corinthians e converteu a posse de bola a seu favor, mas ainda jogava por uma bola em velocidade. Aos 10 minutos Osvaldo tentou com David na entrada da área, ele bateu forte mas a bola passou ao lado do gol de Cássio. O gol não tardou a sair, da forma que o Fortaleza queria.

Em jogada inciada pelo goleiro Felipe Alves, Romarinho desviou para Wellington Paulista e correu para receber, se antecipando a Sidcley. Precisou de apenas um toquinho dentro da pequena área para abrir o marcador.

Perdendo o jogo e sentindo a morosidade da partida, Tiago Nunes mexeu em algumas das peças disponíveis no elenco. O garoto Ruan e Araos deram lugar a Luan e Vital, Cantillo e Léo Natel a Boselli e Gustavo Mosquito. No Fortaleza, Yuri César substituiu Osvaldo, e Thiago Orobó entrou no lugar de David.

O gol de empate veio do banco e com gostinho de redenção. Depois de acertar uma bola na travel, aos 22 minutos, Luan desencatou. Cantillo tentou o chute, mas foi desarmado, e a defesa afastou mal. A bola sobrou para o camisa 7, de primeira, marcar um golaço. Todos os jogadores foram comemorar com o jogador – até Cássio, que estava do outro lado do campo.

Com dois jogadores à frente, o Corinthians ficou exposto no meio de campo. O Fortaleza reforçou o setor, e não desistiu de buscar a vitória. No finalzinho, já aos 48 minutos, Yuri César teve uma boa chance. Ele recebeu de Romarinho e não tomou conhecimento de Gil, e bateu perto do gol de Cássio.

O Alvinegro precisará trabalhar a velocidade até o próximo domingo, quando tem um clássico pela frente. O time vai ao Morumbi para enfrentar o São Paulo, em partida válida pela sétima rodada. Já o Fortaleza viaja a Bragança para o confronto contra o Bragantino.

CORINTHIANS X FORTALEZA

CORINTHIANS – Cássio; Fágner, Gil, Danilo Avelar e Sidcley; Éderson, Cantillo e Araos; Ruan Oliveira, Léo Natel e Jô. Técnico: Tiago Nunes.

FORTALEZA – Felipe Alves; Gabriel Dias, Paulão, Jackson e Bruno Melo; Felipe e Juninho; Romarinho, David, Wellington Paulista e Oswaldo. Técnico: Rogério Ceni.

GOLS – Romarinho (17/2ºT) e Luan (31/2ºT)

ÁRBITRO – Rodolpho Toski Marques.

CARTÕES AMARELOS – Jackson (2/2ºT) e Juninho (13/2ºT), no Fortaleza.

LOCAL – Arena Corinthians, em São Paulo.