Corinthians precisa vencer, mas melhor tática pode ser jogar sem centroavante

  • Por Jovem Pan
  • 05/04/2018 15h08 - Atualizado em 05/04/2018 15h13
Agência CorinthiansCarille não conseguiu achar o melhor centroavante para o Corinthians

O Corinthians precisa vencer o Palmeiras neste domingo, mas tem um problema sério: como fazer gols em um time que está com uma defesa tão forte? A dificuldade é ainda maior por causa do desempenho ruim dos centroavantes corintianos. Então a solução que parece pintar para os alvinegros é jogar sem um homem de área, algo que já foi feito contra o Verdão e deu certo.

Em 24 de fevereiro, Corinthians e Palmeiras se enfrentaram em Itaquera e houve uma grande surpresa tática: o Timão foi escalado sem nenhum jogador de área e não aconteceu nenhum improviso. De fato o time jogou sem um centroavante, mas com uma linha de 4 jogadores ofensivos: Romero, Jadson, Rodriguinho e Clayson. Deu certo: a marcação palmeirense foi surpreendida, e o Corinthians venceu por 2 a 0.

Agora Clayson está suspenso, mas o técnico Fábio Carille cogita escalar um meia, Mateus Vital, no lugar dele. Seria uma aposta baseada no sucesso daquela partida. Se o Palmeiras não tiver aprendido as lições daquele clássico, pode dar certo.

Além disso, é preciso observar que Carille tem poucas opções para jogar com um centroavante. Os jogadores que mais receberam oportunidades nesta função não conseguiram se destacar. Kazim fez 4 jogos e não marcou nenhum gol. Júnior Dutra entrou em campo 14 vezes e só fez um. E a tática mais recente foi escalar Emerson Sheik como centroavante, mas ele tem apenas 2 gols em 12 partidas.