Diante do América-MG, Corinthians reencontrará treinador que não deixou saudade

  • Por Jovem Pan
  • 28/09/2018 18h15 - Atualizado em 28/09/2018 18h24
Divulgação AFCInvicto no Independência, Adilson Batista comanda treino do América-MG

O Corinthians entra em campo neste sábado (29), às 19 horas, para jogar contra o América-MG pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro e vai enfrentar um velho conhecido, mas que deixou pouca ou quase nenhuma saudade no clube e na torcida: Adilson Batista. O treinador, que passou pelo clube alvinegro em 2010, atualmente comanda o time mineiro.

Contratado para substituir Mano Menezes, que deixou o Corinthians naquele ano para assumir a Seleção Brasileira após a Copa do Mundo, Adilson Batista chegou com moral pelo bom trabalho realizado no Cruzeiro, mas teve uma das passagens mais curtas na história do clube, tendo comandado o time em apenas 17 partidas – sete vitórias, quatro empates e seis derrotas.

Sua estreia aconteceu em um clássico contra o Palmeiras, no dia 1º de agosto – o Dérbi terminou em 1 a 1. O Corinthians liderava o Brasileirão com 24 pontos, mas depois de 75 dias e uma sequência de cinco jogos sem vencer, o treinador pediu para sair, deixando o time em terceiro, com 49, cinco a menos que o líder Cruzeiro – Fluminense acabou sendo o campeão.

Adilson Batista fez sua estreia pelo Corinthians diante do Palmeiras

Adilson Batista foi substituído por Tite, que viria a se tornar nos anos seguintes em um dos maiores treinadores do Corinthians, tendo conquistado títulos importantes, como Brasileiro, Libertadores e Mundial de Clubes. Batista, por sua vez, seguiu sua carreira em diversos clubes brasileiros, sem alcançar sucesso.

Ainda em 2010 trabalhou no Santos e comandou Atlético-PR e São Paulo na temporada seguinte. Em 2012 dirigiu o Atlético-GO, Figueirense e Vasco da Gama em 2013. Em 2015, trabalhou no Joinville, antes de dar uma pausa na carreira. Voltou a comandar um time este ano, quando sucedeu Enderson Moreira no América-MG.

No time mineiro, o treinador vem fazendo bom trabalho, mantendo o América-MG fora da zona do rebaixamento – ao todo são 12 jogos, com quatro vitórias, cinco empates e três derrotas. Atualmente, o Coelho está na 13º posição do Brasileirão, com 31 pontos, três a menos que o Corinthians, 8º colocado.

Em 12 jogos pelo América-MG, o treinador conquistou quatro vitórias, cinco empates e sofreu três derrotas

Retrospecto

Adilson Batista pode não ter tido uma passagem brilhante pelo Corinthians, mas possui um retrospecto favorável diante do clube paulista. O treinador enfrentou o Corinthians dez vezes, tendo conquistado cinco vitórias, dois empates e sofrido três derrotas – um aproveitamento de 57% contra o adversário.

As vitórias conquistadas foram duas pelo Grêmio, e obteve uma vitória por Cruzeiro, Paysandu e Santos. Empatou comandando o São Paulo e o Vasco. E as três derrotas sofridas foram por Cruzeiro, Figueirense e Joinville. Sendo pelo time catarinense o último confronto contra o Corinthians, no Brasileiro de 2015: 1 a 0.