Diretor do Corinthians fala de Pedrinho, crava permanência de Araos e descarta Rony

  • Por Jovem Pan
  • 31/01/2020 09h13 - Atualizado em 31/01/2020 09h16
Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansDuílio é diretor de futebol do Corinthians

Duílio Monteiro Alves, diretor de futebol do Corinthians, recebeu inúmeras perguntas da imprensa após a derrota para a Ponte Preta, na noite da última quinta-feira (30), no Moisés Lucarelli, em Campinas. Esquivando de alguns questionamentos e sendo bem direto em outros, o mandatário falou das últimas novidades no mercado da bola do Alvinegro paulista.

A principal preocupação dos corintianos é sobre a saída de Pedrinho. Disputando o Pré-Olímpico da Colômbia com a seleção brasileira sub-23, o meia-atacante está perto de ser transferido para o Benfica, de Portugal. Sobre o tema, Duílio afirmou que a negociação está sendo feita pelo presidente Andrés Sánchez, mas descartou a saída da joia nesta janela de transferência, que fecha para os principais países nesta sexta-feira (31).

“Quem está comandando isso é o presidente Andrés, ele que esteve em reunião. Não quero comentar sobre proposta por Pedrinho, não estou muito a par. Prefiro não falar sobre isso, mas existem conversas. Não consigo te falar (se a tendência é de sair ou ficar), mas a janela está terminando na sexta. Se alguma coisa andar, imagino que ele permaneça com a gente até o meio do ano”, disse.

Se foi evasivo em sua resposta sobre Pedrinho, o diretor foi bem claro ao falar da situação do chileno Ángelo Araos, que recebeu propostas do exterior, mas será aproveitado por Tiago Nunes e sua comissão assim que voltar do Pré-Olímpico – o Chile já foi eliminado do torneio.

“A gente gosta muito dele, por isso trouxemos. Não foi bem na primeira passagem antes de ser emprestado (para a Ponte Preta). Agora está indo muito bem no Pré-olímpico, o treinador tem observado. Ele volta para cá, fica conosco no elenco, e vai ter oportunidade como todos os outros”, afirmou.

Duílio, por fim, tratou de colocar um ponto final na novela sobre Rony, atacante do Athletico-PR que foi cobiçado pelo Timão. De acordo com o dirigente, o jogador não será adquirido pelo clube do Parque São Jorge.

“Não teve nada. Como coloquei para vocês, fiz uma consulta. Já falei umas cinco vezes para vocês, não mudou nada. O Corinthians não fez proposta, está tudo parado, e não pretendemos fazer”, encerrou.