Em estreia de Osmar Loss, Corinthians enfrenta Millonarios e pode garantir 3ª melhor campanha dos líderes

  • Por Jovem Pan
  • 24/05/2018 09h29 - Atualizado em 24/05/2018 09h41
Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians Loss vai manter base que Carille montou

O Corinthians já está classificado para as oitavas de final da Copa Libertadores, mas ainda tem objetivos importantes para buscar na última rodada: o Timão pode ser líder do Grupo 7 e garantir a 3ª melhor campanha entre os líderes. Para isso precisa vencer o Millonarios, nesta quinta-feira (24), em casa. E a grande dificuldade do time será superar a ausência do técnico Fábio Carille, que foi embora para o Al-Wehda, da Arábia Saudita. Osmar Loss fará a estreia no comando do time alvinegro.

Atualmente o Grupo 7 tem o Corinthians como líder, com 10 pontos. O 2º colocado, Independiente, tem 7. Portanto o Timão só precisa de um empate para se garantir como líder da chave. Mas se vencer, ficará com a 3ª melhor campanha entre os líderes. Isso é importante porque aumenta as chances do Corinthians decidir os jogos em casa durante o mata-mata. Os times com melhores campanhas da fase de grupos sempre terão essa vantagem. E se chegar aos 13 pontos, o Corinthians só ficará atrás de Palmeiras (16) e Grêmio (14).

Para conseguir essa meta, Loss vai estrear no Corinthians com a mesma base que Carille já vinha utilizando. O time será escalado sem centroavante fixo e com os mesmos nomes que enfrentaram o Deportivo Lara, há uma semana, na Venezuela. A única mudança é a saída do goleiro Cássio, que foi defender a Seleção Brasileira. Portanto a escalação deve ter Walter; Mantuan, Henrique, Balbuena e Sidcley; Maycon e Gabriel; Pedrinho, Romero, Jadson e Rodriguinho.

O Millonarios não pode ser menosprezado. Deu trabalho para o Corinthians na Colômbia, no empate por 0 a 0, e ainda tem chances de classificação – está em 4º lugar, com 5 pontos, então precisa vencer e contar com um empate entre Independiente e Deportivo Lara.

O único grande problema para a equipe é o desfalque do zagueiro e capitão Andrés Cadavid, suspenso por ter levado 3 cartões amarelos. A escalação do time deve ter Fariñez; Palacios, Figueroa, Santos e Banguero; Duque e Salazar; Rojas, Quiñones e Valencia; Del Valle.