Em má fase, Rodriguinho fez duas funções contra Flamengo e foi pior em campo

  • Por Jovem Pan
  • 04/06/2018 09h24
Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians Rodriguinho foi presa fácil para marcação cerrada de Jonas

Até o mês de abril, Rodriguinho era o melhor jogador do Corinthians disparado. No momento, porém, o meia-atacante está em má fase. E isso ficou claro na derrota para o Flamengo, neste domingo (3), em que ele foi o pior do time, mesmo atuando em duas funções diferentes.

Durante a temporada, Rodriguinho assumiu a condição de artilheiro do Corinthians, pois o time passou a jogar sem centroavante. Ele atuou bem como referência móvel diversas vezes e fez 7 gols até o final de abril.

Desde então, Rodriguinho passou a jogar mal, só fez um gol e passou a prejudicar o time. Na maioria das vezes continuou atuando como referência no ataque, mas não conseguiu ser oportunista e participar de gols.

Contra o Flamengo, ele mudou de função por causa da lesão do meia Jadson. O centroavante Roger entrou no lugar dele, fazendo Rodriguinho recuar para uma posição que ele conhece melhor. Mas nem assim o camisa 26 conseguiu se destacar. Pelo contrário: cometeu erros que não costuma fazer, foi marcado facilmente por Jonas e comprometeu os contra-ataques do Corinthians.

O técnico Osmar Loss ainda não conseguiu tirar o melhor de Rodriguinho e tem acumulado resultados ruins com o Corinthians. Para colocar o Timão no caminho certo novamente certamente terá que recuperar o meia-atacante.

No mês passado, quando o técnico Fábio Carille anunciou que iria treinar um time da Arábia Saudita, surgiram especulações de que Rodriguinho poderia acompanhá-lo e ir também. Os corintianos ficaram com medo, mas pelo atual momento não dá para dizer que ele faria tanta falta ao Timão.